Taça da Ásia: Macau estreou-se com derrota

A selecção de futebol do território perdeu pela margem mínima na deslocação ao terreno do Quirguistão. O único tento do conjunto quírguiz foi apontado de cabeça por Azamat Baimatov, aos 71 minutos.

1.TAMARA_KUBAEVA.jpg

Marco Carvalho

Um único golo, apontado ao 71 minutos pelo dianteiro Azamat Baimatov, valeu à selecção do Quirguistão um triunfo magro sobre a congénere da Região Administrativa Especial de Macau numa partida a valer para as contas do grupo A da campanha de qualificação para a fase final da Taça da Ásia, competição que se disputa em 2019 nos Emirados Árabes Unidos.

No Estádio Dolem Omurzbakov, em Bishkek,  a formação orientada por Tam Iao San pouco mais fez do que procurar defender, num desafio face a um adversário exigente que as péssimas condições do terreno de jogo complicaram mais ainda.

A jogar perante o seu próprio público, a selecção do Quirguistão fez o que lhe competia e foi a primeira formação a levar perigo até à baliza adversária, numa iniciativa a que Ho Man Fai respondeu com uma defesa fácil.

A reacção do grupo de trabalho do território surgiu menos de cinco minutos depois, numa iniciativa de Leong Ka Hang a que o guarda-redes Pavel Matiash respondeu com uma defesa segura. Num “tu-cá-tu-lá” que acabaria por dar lugar a um futebol monolítico e quase unidireccional, a Islam Shamshiev pertenceu a oportunidade de voltar a sondar a baliza de Ho Man Fai, ainda que sem a acutilância e a eficácia necessárias para criarem estragos.

Depois de um início mais ou menos atrevido de partida, o desafio perdeu interesse e foi necessário esperar até ao final do primeiro tempo para se assistir a uma nova jogada de ataque. A iniciativa, liderada pela linha ofensiva do Quirguistão não surtiu quaisquer resultados.

O onze da Ásia Central voltou a entrar melhor na etapa complementar e aos 55 minutos, Edgar Bernhardt, centrocampista que alinha nos alemães do SV Rodinghausen, tentou surpreender, sem sucesso, Ho Man Fai na baliza de Macau. Apesar de dominar a partida, o Quirguistão só aos 71 minutos conseguiu inaugurar o marcador, com Azamat Baimatov a dar a melhor sequência a um cruzamento de um colega de equipa e a cabecear com sucesso para o fundo das redes de Ho Man Fai.

A perder, o grupo de trabalho orientado por Tam Iao San, esboçou uma reacção tímida ao golo do avançado do Riffa. Aos 80 minutos, Edgar Teixeira tentou a sorte num remate de longe, mas a iniciativa não chegou sequer a incomodar Pavel Matiash na baliza da formação da casa. Uma das últimas jogadas de perigo do encontro, já em período de descontos, teve a assinatura de Cheong Kin Chong. Atento na baliza quírguiz, Matiash defendeu sem dificuldades.

Com o triunfo, o Quirguistão apanhou a Índia na liderança do Grupo A. A selecção indiana foi a Rangum, ao terreno do Myanmar, vencer a congénere birmanesa pela margem mínima.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s