Proprietários do Pearl Horizon entregaram petição na Assembleia Legislativa

3.PH

A Associação de Proprietários do Pearl Horizon entregou esta segunda-feira uma petição na Assembleia Legislativa em que solicita a Ho Iat Seng, presidente do hemiciclo que acelere os procedimentos de auscultação das reuniões em que foi discutida a Lei de Terras com o propósito de esclarecer, de uma vez por todas, a intenção legislativa do diploma.

No início do mês, à margem da reunião anual da Assembleia Nacional Popular, Ho Iat Seng assumiu a disponibilidade do hemiciclo para escutar as gravações das sessões em que o polémico diploma foi discutido. Os membros do organismo querem que a proposta avançada por Ho em Pequim se concretize o mais rapidamente possível.

Uma  outra declaração feita em Pequim – pelo presidente do Grupo Polytec – está a devolver alguma esperança a quem investiu na compra de fracções no empreendimento Pearl Horizon. Or Wai Sheun diz que a empresa a que preside tem capacidade para indemnizar os proprietários que adquiriram os apartamentos em fase de projecto directamente à Polytec.

Ontem, em declarações à emissora em língua chinesa da Rádio Macau, Kou Meng Pok, presidente da Associação dos Proprietários do Pearl Horizon, revelou que o organismo enviou de imediato uma carta a Or Wai Sheun. A resposta por parte do presidente do Grupo Polytec ainda não se materializou, mas Kou reconhece que a abertura manifestada pelo empresário é positiva, ainda a maior parte dos membros da Associação tenham adquirido as fracções em segunda ou mesmo em terceira mão.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s