Oxfam denuncia lucros de bancos europeus em paraísos fiscais. Hong Kong está na lista

 

0.Hong Kong

Os 20 maiores bancos europeus declaram um quarto dos seus lucros em paraísos fiscais, com preferência por Luxemburgo, pela vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong e pela Irlanda, segundo um estudo da organização britânica Oxfam divulgado ontem.

Estes bancos “declaram 26 por cento dos seus lucros em paraísos fiscais, ou seja, 25 mil milhões de euros em 2015, mas apenas 12 por cento do seu volume de negócios e 7 por cento dos seus funcionários” estão nesses locais, assinala a organização não-governamental, que publica este estudo com a Fair Finance Guide International.

“Apontamos a divergência entre a actividade declarada pelos bancos nos paraísos fiscais e a actividade real que ali têm. É enorme”, disse à France Presse Manon Aubry, co-autora do relatório.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s