Aumento da oferta nas Filipinas cria mais competição para Macau

Um aumento do tamanho do mercado, melhorias nas infra-estruturas e o levantamento do bloqueio de visitantes oriundos da Republica Popular da China. Este é o cocktail de circunstâncias que levam Enrique Razon, presidente da Bloomberry Resorts, a mostrar-se optimista em relação ao desenvolvimento do mercado do jogo nas Filipinas.

1.Enrique Razon.jpg

O aumento do número de casinos nas Filipinas pode fazer com que o sector do jogo de Macau enfrente competição acrescida nos próximos anos. Esta é a opinião de Enrique Razon, presidente da operadora Bloomberry Resorts e da empresa International Container Terminal Services, a maior operadora de infra-estruturas portuárias do vizinho arquipélago.

“Com a construção de mais casinos e hotéis o tamanho do mercado do jogo nas Filipinas deve aumentar. Acredito que a médio e longo prazo, todos os operadores vão estar a produzir bons resultados”, afirmou Enrique Razon, em entrevista ao canal televisivo norte-americano CNBC, que defendeu um mercado com cerca de cinco a seis operadoras nos próximos anos.

Outro dos factores que pode ajudar o mercado das Filipinas foi a visita do presidente Rodrigo Duterte à China e as consequências ao nível do número de visitantes oriundos da China Continental:  “As restrições das viagens para as Filipinas por parte da China foram levantadas, após a visita do presidente Duterte, e isso ajudou de forma geral a aumentar o número de turistas”, defendeu.

Sobre a possibilidade do mercado onde a Bloomberry está presente desafiar o “reinado” de Macau ao nível das receitas do jogo, Enrique Razon mostra-se pouco confiante, embora não exclua essa hipótese a muito longo prazo: “Estamos a falar de algo a muito longo prazo… Claro… Existem muitos ‘ses’ para que isso possa acontecer. Se, se, se… Bem temos de esperar para ver o que pode acontecer”, completou.

O investimento nas infra-estruturas adoptado pela presidência das Filipinas, ao nível dos transportes, é igualmente outro aspecto que mereceu elogios do responsável pela operadora porque pode ajudar a atrair ainda mais apostadores do estrangeiro.

Por outro lado, Razon destacou que o mercado das Filipinas está em vantagem face ao da RAEM num aspecto: o do envolvimento dos apostadores locais no mercado do jogo.  Mais de quarenta por cento das receitas do mercado das Filipinas são provenientes de jogadores locais, num pais com uma população substancialmente maior.

A Bloomberry entrou no mercado do jogo em 2013, depois de um investimento de 1,2 mil milhões de dólares norte-americanos no casino Solaire Resort. A par da Bloomberry, a Melco Crown, operador de Lawrence Ho, Genting e Okada são as outras operadoras presentes no mercado das Filipinas, cujos casinos estão concentradas na capital Manila, na zona conhecida como Entertainment City.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s