MGM Cotai abre portas com colecção de arte com mais de 300 peças

O artista local Ung Si Meng e grandes nomes do panorama artístico do Continente – como Hsiao Chin, Liu Dan ou Liu Kuosung –  são alguns artistas que vãos estar representados na colecção. Alguns chegaram mesmo a produzir trabalhos especialmente para o novo empreendimento da operadora de jogo norte-americana.

04 Installation Shot of Chinese Imperial Carpets

O casino da MGM no Cotai vai abrir portas com uma colecção permanente de arte que abrange e engloba mais de 300 peças. O anúncio foi feito ontem pela operadora, em comunicado, sendo que entre os artistas convidados para participarem nesta colecção estão criadores como o pintor local Ung Si Meng ou outros grandes nomes do cenário artístico do Continente, como Hsiao Chin, Liu Dan, Liu Kuosung.

A colecção apresenta-se como um misto das culturas artísticas do Oriente e do Ocidente, misturando também trabalhos mais tradicionais com outros mais inovadoras, no que a operadora define como um conjunto de trabalhos “que provocam a mente” e se integram de forma natural no novo empreendimento da operadora norte-americana.

Entre as diferentes peças que vão estar em exibição nos espaços comuns do casino-hotel, estão carpetes antigas da Dinastia Qing, quadros com arte contemporânea e moderna asiática e ainda esculturas que foram encomendadas e concebidas especialmente para este edifício.

Apesar de a novidade ter sido ontem revelada em comunicado, o grande público só vai ter oportunidade de ver os trabalhos em exibição após a abertura do casino, o que deve ocorrer na segunda metade deste ano, ainda em data incerta.

“É um privilégio exibir estes trabalhos que são fora de série, criados por artistas asiáticos, incluindo algumas obras que foram feitas de propósito para a exposição permanente do MGM Cotai”, afirmou Pansy Ho, directora executiva da empresa e filha do magnata Stanley Ho.

“Com esta colecção estamos a criar algo absolutamente único para que Macau se desenvolva como uma cidade muito própria em termos de turismo cultural. Todos os detalhes foram ponderados de uma forma muito profunda para criar uma experiência cultural surpreendente, divertida e desinquietante”, acrescentou.

Por sua vez, o director executivo da empresa, Grant Bowie, salientou o papel de difusão de arte e cultura assumido pela MGM junto da comunidade local, ligando esse facto à nova colecção: “Como pioneiros na difusão da arte e cultura entre a comunidade local, a MGM mostra o seu compromisso com a promoção do interesse de Macau nas artes. Depois da criação do MGM Art Space no MGM Macau, agora estamos muito orgulhosos por poder apresentar a MGM Cotai Art Collection, que tem uma qualidade ao nível de um museu”, defendeu Bowie.

“Vai ser uma das atracções que vai virar as atenções do mundo para Macau, reforçando a posição de Macau como um centro mundial de turismo e lazer”, frisou.

O hotel MGM Cotai deverá abrir na segunda metade do ano e tem um custo próximo dos 3 mil milhões de dólares norte-americanos. A unidade hoteleira está apetrechada com um total de 1 400 quartos.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s