Coreia do Sul elege novo presidente a 9 de Maio

8165cb55ef43d061dd1a09f7e3527b1f

A Coreia do Sul realiza eleições presidenciais antecipadas a 9 de Maio, depois de a Presidente Park Geun-hye ter sido oficialmente destituída na semana passada, informou ontem o Executivo sul-coreano.

O Conselho de Ministros decidiu esta quarta-feira designar o dia 9 de Maio como feriado nacional e data das eleições, o último dia possível dentro da janela de 60 dias permitida pela Constituição para a realização de eleições caso o mandato do chefe de Estado seja interrompido, segundo uma acta publicada no final da reunião.

Durante a reunião do gabinete o Presidente em funções, Hwang Kyo-ahn, anunciou que não será candidato, gerando uma incógnita sobre quem representará o conservador Partido da Liberdade da Coreia, de que Park fazia parte.

Segundo as sondagens mais recentes, o favorito para novo Presidente é o liberal Moon Jae-in, com cerca de 30 por cento dos apoios.

O Tribunal Constitucional decidiu na passada sexta-feira ratificar a decisão do parlamento de destituir a Presidente, Park Geun-hye, pela sua relação com o chamado caso “Rasputina”.

Park perdeu a sua imunidade presidencial e foi chamada pelo Ministério Público para depor como suspeita no caso no próximo dia 21 de Março.

O caso de corrupção gerou a primeira antecipação de eleições e a primeira destituição de um chefe de Estado desde que o país voltou a realizar eleições democráticas em 1987.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s