Indonésia: Naufrágio fez pelo menos seis mortos

3-indonesia

Pelo menos seis pessoas morreram e sete continuam desaparecidas depois de um barco ter naufragado na costa de Kalimantan, no norte da parte indonésia da ilha de Bornéu, informaram esta quinta-feira os meios de comunicação locais.

Um porta-voz dos serviços de emergência assinalou que um barco de pescadores resgatou, na madrugada de ontem, com vida, um casal de indonésios, segundo escreve o diário The Star.

Os sobreviventes, que seguiam a bordo com outras 13 pessoas, alertaram que a embarcação naufragou na terça-feira depois de zarpar ilegalmente da cidade de Tawau, na província malaia de Sabah, com destino à Indonésia.

Membros da equipa indonésia de busca e resgate encontraram hoje seis corpos sem vida perto da parte indonésia de Nunukan.

As autoridades de ambos os países continuam as operações de busca por outros sete passageiros que continuam desaparecidos.

Este é o segundo naufrágio ocorrido na região desde o início do ano.

No final de Janeiro, um barco com 28 turistas chineses e três tripulantes afundou-se durante o trajecto entre a ilha Mengalum, a cerca de 60 quilómetros a norte de Kota Kinabalu, capital de Sabah.

A guarda costeira resgatou 22 pessoas, incluindo dois tripulantes, e encontraram quatro cadáveres.

 

 

Pelo menos seis pessoas morreram e sete continuam desaparecidas depois de um barco ter naufragado na costa de Kalimantan, no norte da parte indonésia da ilha de Bornéu, informaram esta quinta-feira os meios de comunicação locais.

Um porta-voz dos serviços de emergência assinalou que um barco de pescadores resgatou, na madrugada de ontem, com vida, um casal de indonésios, segundo escreve o diário The Star.

Os sobreviventes, que seguiam a bordo com outras 13 pessoas, alertaram que a embarcação naufragou na terça-feira depois de zarpar ilegalmente da cidade de Tawau, na província malaia de Sabah, com destino à Indonésia.

Membros da equipa indonésia de busca e resgate encontraram hoje seis corpos sem vida perto da parte indonésia de Nunukan.

As autoridades de ambos os países continuam as operações de busca por outros sete passageiros que continuam desaparecidos.

Este é o segundo naufrágio ocorrido na região desde o início do ano.

No final de Janeiro, um barco com 28 turistas chineses e três tripulantes afundou-se durante o trajecto entre a ilha Mengalum, a cerca de 60 quilómetros a norte de Kota Kinabalu, capital de Sabah.

A guarda costeira resgatou 22 pessoas, incluindo dois tripulantes, e encontraram quatro cadáveres.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s