Ancajas revalida título com KO sobre Rodríguez

Uma lesão no ombro obrigou o mexicano a abandonar a contenda, permitindo ao filipino realizar com sucesso a sua primeira defesa do cinturão mundial na categoria de pesos galo juniores da IBF. A desistência do desafiante materializou-se numa momento em que Ancajas dominava a contenda por completo.

1-ancajas-1

O filipino Jerwin Ancajas foi o grande vencedor do combate de maior cartaz da Taça CCTV do Ano Novo Lunar, competição que se disputou no domingo e na segunda-feira, em Macau. O promissor lutador derrotou o mexicano José Alfredo “Torito” Rodríguez, ao oitavo assalto, por knockout técnico. Ancajas retém assim o título de campeão mundial de pesos galo juniores pela Federação Internacional de Boxe (IBF, na sigla em inglês).

Na Cotai Arena do Venetian, o combate entre o recém-sagrado campeão Ancajas – que realizava, aos 25 anos, a sua primeira defesa do título mundial – começou de forma disputada e a um ritmo acelerado. O ex-campeão do mundo, “Torito” Rodríguez tomou a iniciativa de partir para cima do adversário, que trabalhou bem na defesa resguardado por uma esquerda poderosa e respondeu com combinações defensivas rápidas.

O segundo assalto foi todo do campeão em título, ao conectar vários directos de esquerda à cabeça do mexicano, de 27 anos. No terceiro, Rodríguez reequilibrou a contenda, com Ancajas a ter alguma dificuldade para se esquivar às perigosas combinações do mexicano.

O desafiante ganhou assim alento para o quarto round, pressionando e obrigando o combate a disputar-se a curta distância, mas acabou por diminuir o ritmo dos golpes e o filipino aproveitou para fazer valer a velocidade dos seus ganchos e golpear o adversário de vários ângulos e de forma imprevisível e precisa.

Quinto assalto: disputa de iniciativa dividida, que se desenrolou a meia distância, com o campeão a tirar partido da sua maior envergadura para continuar a dominar com golpes variados e certeiros, perante pouca resposta, de um adversário inconformado, mas que não conseguiu lançar com ritmo suficiente os seus ataques.

O sexto e sétimo assaltos foram um passeio para Ancajas, que usou todo o ringue, conectando os seus golpes praticamente como quis. Rodríguez pressionava para manter-se na luta, procurando o adversário, mas só conseguia disparar um golpe de cada vez. Um poderoso “jab” de direita do campeão refreou os ânimos do mexicano no sétimo assalto e foi uma arma preciosa para o seu domínio.

No intervalo antes do oitavo de doze rounds, o médico analisou o ombro direito de Rodríguez, que se queixava de dores, e aconselhou o mexicano a não dar continuidade à luta. O árbitro Roberto Ramírez decidiu então interromper o combate no início do oitavo round, declarando vencedor Jerwin Ancajas, que mantém o cinturão e soma agora um registo de 26 vitórias (17 por KO), uma derrota e um empate. “Torito” Rodríguez, por sua vez, somou assim a sua quinta derrota, num palmarés em que exibe 32 vitórias, 19 das quais por KO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s