Críticos de Mao Zedong punidos no Continente

0-mao

Pelo menos três pessoas, incluindo um funcionário do governo e um jornalista, foram afastados das suas posições nas últimas duas semanas, depois de terem criticado o histórico líder comunista Mao Zedong.

Zuo Chunhe, vice-diretor do departamento de Cultura, Rádio, Filme, Televisão, Imprensa e Publicações de Shijiazhuang, na província de Hebei, foi despedido esta semana por “difundir comentários falsos no Sina Weibo.

Zuo foi acusado de “grave violação da disciplina política”, depois de ter dito que Mao era um “demónio” e se ter referido às comemorações do aniversário do antigo Presidente como “a maior actividade de culto no mundo”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s