Martin Scorsese prestou homenagem a cristãos japoneses

0-scorsese

O realizador norte-americano Martin Scorsese manifestou ontem, em Tóquio, admiração pelos “kakure kirishitan”, os cristãos escondidos japoneses, torturados pelas autoridades nipónicas no século XVII.
“Sinto uma grande admiração pela sua coragem e determinação”, disse o realizador, durante a apresentação do filme “Silêncio” no Japão, onde estreia no sábado.
Scorsese admitiu que apresentar este filme naquele país “era como um sonho tornado realidade”, depois de “uma peregrinação” pessoal de mais de 20 anos.
Baseado na obra com o mesmo nome do japonês Shusako Endo (1923-1996), publicada em 1966, “Silêncio” narra o desespero dos missionários jesuítas portugueses no século XVII perante o silêncio de Deus como resposta às torturas das autoridades japonesas sobre os cristãos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s