Analista diz que sector do jogo tem capacidade para aumentar ordenados em cinco por cento

Um analista da Morgan Stanley, Praveen Choudhary, explicou que se as receitas cresceram 10 por cento, como o banco de investimento prevê, o aumento dos ordenados de cinco por cento é suportável. Choudhary esteve ontem presente na apresentação da edição de 2017 da G2E Ásia.

1-g2e-asia

João Santos Filipe

O analista do banco de investimento Morgan Stanley, Praveen Choudhary, afirmou ontem que a indústria de jogo de Macau tem capacidade para aumentar os ordenados dos funcionários dos casinos em cinco por cento. As declarações foram prestada na apresentação da Feira G2E Ásia e pressupõem um crescimento das receitas de dez por cento.

“As receitas do jogo vão subir dez por cento em 2017. Assumindo que as nossas previsões estão correctas um aumento de cinco por cento não vai reduzir as margens [das operadoras]”, afirmou Praveen Choudhary, sobre as exigências dos trabalhadores da indústria. “Se as receitas brutas subirem 10 por cento os custos para os casinos podem crescer abaixo disso”, frisou.

Sobre o facto do Japão ter legalizado a indústria do jogo, o analista da Morgan Stanley afirmou que ainda é muito cedo para saber como o mercado local vai ser afectado: “A lei que permite o jogo foi aprovada, agora é necessário aprovar os documentos legais que vão implementar a indústria. Só com esses detalhes vamos saber se a indústria do jogo no Japão vai apostar no mercado VIP ou de massas, nos jogadores residentes ou turistas”, explicou.

Em relação às operadoras presentes em Macau, Praveen Choudhary coloca a Sands China, através da empresa-mãe Las Vegas Sands, na linha da frente para entrar no mercado nipónico: “As companhias que estão bem em Singapura são a Las Vegas Sands e a Genting. Isso é mais uma prova do seu valor, além da posição [da LVS] em Macau. Eles parecem estar muito confiantes”, destacou.

 

G2E Asia aponta aos 12 mil visitantes

 

Na conferência de imprensa ontem realizada para a apresentação da feira de jogo G2E Asia deste ano, a organização traçou com objectivo alcançar um número de visitantes de 12 mil pessoas, após o recorde de 10 887 visitantes no ano passado. O evento decorre entre 16 e 18 de Março, no casino Venetian: “Este anos esperamos ter 12 mil visitantes. Já nos últimos anos houve delegações grandes do Japão a visitar-nos porque as pessoas já estavam a planear e a preparar a futura indústria do jogo”, disse Josephine Lee, vice-presidente da Reed Exhibition, empresa que organiza o evento em parceria com a Associação do Jogo Americana, ao PONTO FINAL. “Não vai ser tão grande como os visitantes de outros países porque oficialmente ainda há muitas coisas para definir”, frisou sobre o mercado do momento.

No evento está envolvido igualmente o escritório de advogados MdME, que através da pareceria LexMundi – uma rede com vários escritórios de outras jurisdições – contribui para a realização de um guia com informações legais sobre os diferentes mercados da Ásia.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s