Sichuan: Detido homem com duas toneladas de carne de espécies protegidas

black_bear

 

As autoridades do Continente detiveram um homem que tinha armazenadas quase duas toneladas de carne de espécies de animais selvagens e protegidas para as vender, informou esta quinta-feira o jornal chinês China Daily.

Ursos pretos, pangolins, corujas e até crocodilos dividiam-se entre um armazém refrigerado e um apartamento que o detido utilizava para guardar a carne, que posteriormente vendia a restaurantes, segundo a polícia depois da detenção do suspeito.

O detido, identificado com o apelido Liang e de 58 anos, enfrenta uma pena de até dez anos de prisão, disse Liu Wenhao, membro do corpo de polícia florestal da cidade de Mianyang, na província de Sichuan, em declarações citadas pelo China Daily.

A polícia estava há mais de um ano na pista de Liang, desde que foi avisada no verão de 2015 de que um restaurante de Mianyang oferecia carne de urso aos seus clientes.

Os agentes descobriram que tinha sido Liang  quem vendeu essa carne e conseguiram localizar o seu armazém refrigerado.

O detido comprava a carne de espécies protegidas de diferentes pontos do país, depois congelava-a para a vender em vários estabelecimentos. Como trabalhava sozinho – segundo a polícia por medo de ser descoberto – era ele próprio que se encarregava do transporte, assim como da carga e descarga das mercadorias ilícitas que transacionava.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s