Manifestação agendada para segunda-feira exige aumentos para todos os residentes

A Associação Novo Macau para os Direitos dos Trabalhadores do Jogo marcou uma manifestação para a próxima segunda-feira. O organismo liderado por Cloee Chao exige aumentos salariais para todos os residentes de Macau.

1.Cloee.jpg

A Associação Novo Macau para os Direitos dos Trabalhadores do Jogo vai organizar na próxima segunda-feira uma manifestação a exigir aumentos salariais de cinco por cento para todos os residentes do território. A concentração está marcada para as quatro da tarde na Praça de Tap Seac, sendo que depois o protesto segue em direcção à Sede do Governo, onde vai ser entregue uma petição.

Ao PONTO FINAL, Cloee Chao, presidente da Associação Novo Macau para os Direitos dos Trabalhadores do Jogo, afirmou que a organização “não espera uma adesão muito grande” ao protesto, mas que “pelo menos algumas centenas de pessoas devem comparecer”: “Agora que a economia atravessa um período mau, a vontade das pessoas para sair à rua e protestarem é menor, uma vez que isso pode afectar o seu trabalho”, explicou.

De acordo com a informação divulgada a 30 de Dezembro pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos o rendimento médio anual em 2015 dos residentes foi de 520 mil patacas. Depois dessa revelação, Cloee Chao lançou um inquérito através da aplicação WeChat a questionar os residentes se tinham recebido 520 mil patacas ao longo de 2015 e se o seu salário seria aumentado em 2017.

De acordo com a presidente da associação, até às sete horas da tarde de ontem, tinham votado 7656 pessoas, e 97 por cento, ou seja 7397, afirmaram ter tido um rendimento inferior a essa média. Cerca de 93 por cento, ou seja 7092, responderam que para o ano não iam ser abrangidos por aumentos: “Se não conseguimos obter um crescimento do nosso ordenado em 2017, isto quer dizer que durante dois anos muitos funcionários de diferentes companhias, tal como os trabalhadores no sector do jogo, não têm qualquer aumento”, defendeu Cloee Chao.

Desde Agosto de 2016 que as receitas do jogo estão em crescimento em relação ao período homólogo. Nesse sentido, a Associação Novo Macau para os Direitos dos Trabalhadores do Jogo espera que as operadoras anunciem aumentos nos ordenados, porém, “até agora nenhuma companhia do sector anunciou os aumentos”.

Segundo Cloee Chao as operadoras, à excepção da Galaxy, costumam comunicar essa informação aos trabalhadores no primeiro ou segundo trimestre do ano. A dirigente associativa quer aumentos na ordem dos cinco por cento: “Vamos sair à rua para mostrar o nosso desejo de ver os nossos salários aumentar e esperamos que essa mudança entre em vigor já este ano”, afirmou.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s