Cheias na Malásia forçam retirada de 23 mil pessoas

malysiafloods2-703x422

As autoridades malaias evacuaram mais de 23.000 pessoas afectadas pelas inundações que há cinco dias assolam os estados malaios de Terengganu e Kelantan, no nordeste da península de Malaca, informaram ontem fontes oficiais.

A chuva intensa dos últimos dias forçou ao encerramento de 101 escolas depois das aulas terem sido suspensas. O mau tempo causou ainda problemas nas estradas e pontes e a suspensão do serviço ferroviário.

As equipas de emergência informaram que até à data não foi reportada nenhuma morte pelo temporal, que todos os anos assola esta parte da Malásia, causando a retirada de milhares de pessoas.

O caudal de dez rios ameaça transbordar à sua passagem por Terengganu. Outros três apresentam os mesmos riscos no vizinho estado de Kelantan.

As inundações também afectam partes do estado de Sabah, no norte da ilha do Borneu, mas os retirados ascendem a 140 e dez escolas encerrados, segundo o diário “The Star”.

Algumas províncias da Tailândia, que fazem fronteira com os estados malaios, também foram afectadas pelas inundações, mas as autoridades disseram que não foi necessária a retirada de residentes.

As piores inundações na Malásia nos últimos anos foram registadas entre Dezembro de 2014 e início de 2015. Na altura morreram 25 pessoas e mais de 200.000 tiveram de ser temporariamente realojadas.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s