CCM celebra passagem de ano em tons de vermelho, verde e azul

 

O grupo Teatro de Marionetas de Norwich leva entre hoje e domingo ao Centro Cultural de Macau uma peça feita a pensar nas crianças com mais de 2 anos. O espectáculo aposta num jogo de luzes com marionetas e muita interacção.

1-artes

 

Uma peça focada nas cores vermelha, verde e azul, com um forte jogo de luzes e marionetas através do qual as crianças vão poder nadar com peixes, saltar entre sapos e olhar para o fogo sem nunca saírem do Centro Cultural de Macau. É este o objectivo da peça “Três Cores” que vai estar em exibição no Centro Cultura de Macau entre hoje e domingo e que foi desenvolvida pela companhia inglesa Teatro de Marionetas de Norwich.

“Não se pode dizer que seja uma peça narrativa porque não conta uma história na forma mais tradicional. É antes uma exploração sensorial e física através das cores na qual há seres-humanos, peixes, aves, sapos e muitas elementos extraordinários que despertam a atenção das crianças” disse na apresentação da peça a encenadora Joy Haynes.

“É um peça sem palavras e muito visual. Mas é uma coisa que acaba por ser muito natural para as crianças porque numa grande parte do tempo em que estão a brincar, elas também não utilizam palavras”, explicou, por sua vez, a actriz Jasmiina Sipila.

A peça “Três Cores” chega a Macau depois do grupo ter estado em Hong Kong, onde actuou em oito sessões repartidas pelo Teatro de Kwai Tsing e no edifico Town Hall de Tuen Mun. Esta é a primeira deslocação deste grupo fora do grupo de nações que compõem as ilhas britânicas: “É a primeira vez que estamos a actuar na Ásia e estamos muito entusiasmados por isso. Sentimos que aqui as crianças se tendem a deixar envolver mais e interagir. No Reino Unido elas normalmente ficam reticentes, mas em Hong Kong ficaram mesmo muito entusiasmadas. Foi muito agradável ver esta reacção”, relatou a encenadora.

 

Lotação esgotada

 

À venda desde 8 de Outubro, os bilhetes para as oito sessões em Macau, que têm um custo de 180 patacas, já estão todos esgotados. A peça tem a duração de cerca de 40 minutos, sendo no resto do tempo as crianças têm um tempo para interagirem com as luzes e marionetas.

“A peça tem uma duração apropriada a crianças. Depois no resto do tempo temos no palco caixas com cores, luzes e água com as quais elas podem brincar e interagir com os actores. É uma recompensa por estarem todos os 40 minutos sentadas”, explicou.

Outro objectivo pretendido pela companhia britânica passa proporcionar um primeiro contacto aos mais novos com o mundo do teatro e com as regras do mesmo.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s