Há cada vez mais residentes a precisar de ajuda do Banco Alimentar

 

3-paul-punO número de famílias que recebem apoio do Banco Alimentar aumentou mais de 200 por cento no segundo semestre, revelou a organização de solidariedade social Caritas.

Os dados foram avançados pelo secretário-geral do organismo, Paul Pun, em entrevista à Rádio Macau: entre Janeiro e Junho, o Banco Alimentar prestou apoio a 1039 famílias. Mas, de Julho a Novembro, esse número aumentou para cerca de 2500 agregados. “São pessoas com salários baixos e idosos que vivem sozinhos”, explica Paul Pun.

A Caritas gere o Banco Alimentar desde 2011. Actualmente, muitos dos beneficiários vivem na zona das ilhas, sobretudo, no complexo de habitação pública de Seac Pai Van. Outros apoios prestados pela Caritas são direccionados para os sem-abrigo. De acordo com Paul Pun, existem apenas seis pessoas a viver “permanentemente” na rua. A maioria dos sem-abrigo identificados, “cerca de 40”, encontra-se alojada num centro da Caritas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s