Alexis Tam nega ter recebido qualquer pedido de esclarecimento da UNESCO

3.Alexis.jpg

O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura negou ontem ter recebido qualquer pedido de esclarecimento por parte da UNESCO sobre o polémico edifício da Calçada do Gaio.

As declarações de Alexis Tam surgem depois de uma acção da Associação Novo Macau, que esteve reunida em Paris na semana passada com responsáveis da UNESCO para discutir o impacto do imóvel. O edifício deverá ser concluído com 80 metros de altura, quando a cota altimétrica para as construções na área em que o farol está localizado é de 52 metros. Este limite visa proteger a vista para o Farol da Guia, um dos mais emblemáticos exemplos do Património Mundial do território.

Ainda sobre a decisão de permitir que as obras do edifício, que esteve vários anos à espera de um pronunciamento do Governo, fossem concluídas com esta altura, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura remeteu a decisão para o Secretário para os Transportes e Obras Públicas e a Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes.

Sobre as suas funções, Alexis Tam explicou que passam por preservar o património cultural. O Governante lembra que as políticas adoptadas pelo Governo de Macau foram elogiadas pelo Secretário-Geral da Comissão Nacional da China para UNESCO. Tam sublinhou igualmente que todas as políticas são relatadas à Administração Estatal do Património Cultural, que é liderada por Shan Jixiang.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s