China: Polícia desmantelou rede que vendia crianças

 

3-china

A polícia chinesa desmantelou uma rede que raptava crianças para as vender, numa operação que resultou na detenção de 157 suspeitos e no resgate de 36 menores, informou esta quarta-feira a imprensa oficial do Continente.

A rede é suspeita de ter sequestrado dezenas de crianças desde 2014 e operava em sete províncias e municipalidades da China, detalhou a agência oficial Xinhua.

Em Maio deste ano, polícias da província de Fujian, no sudeste da China, obtiveram as primeiras pistas sobre a existência da rede, ao investigar um suspeito chamado Tan, que seria um dos principais mediadores na venda das crianças.

Esta prática persiste na China, sobretudo em áreas rurais, onde algumas famílias estão dispostas a pagar por uma criança, sobretudo rapazes, devido à tradição chinesa em que são os pais que transmitem o nome da família à geração seguinte.

Na China, o apelido das mães não passa para os filhos. O ministério chinês da Segurança Pública assegurou no comunicado, onde anunciou esta operação, que continuará a perseguir estas redes e prometeu “tolerância zero”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s