China, o flagelo da imprensa livre

0-imprensa-livre

A República Popular da China continua a ser o país com mais jornalistas presos, sustenta a organização não-governamental Repórteres Sem Fronteiras. No início do presente mês estariam detidos 103 jornalistas no Continente. A Turquia, a Síria (28), o Egipto (27) e o Irão (24) são os outros países onde as privações à liberdade de imprensa mais se fazem sentir.
Perante os riscos “cada vez mais numerosos” que enfrentam os jornalistas, a RSF volta a pedir a criação da figura do “representante especial do secretário-geral das Nações Unidas para a segurança dos jornalistas”.
Noutro relatório também publicado hoje, o Comité para Protecção dos Jornalistas (CPJ) diz que são 259 os jornalistas que estão presos no mundo, 81 dos quais na Turquia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s