Badminton: Indiana Saina Nehwal diz ter jogado limitada em Macau

Contrariando as recomendações do seu treinador – que a havia aconselhado a abrir mão dos Opens de Macau e Hong Kong por se realizarem pouco depois de ter sido submetida a uma operação cirurgia – a antiga número um do ranking mundial insistiu mesmo assim em participar nas competições. O resultado foram duas prestações desastrosas.

 1-nehwal

A indiana Saina Nehwal foi operada recentemente ao joelho direito e está ainda em recuperação, explicando ter sido essa a razão que justifica as prestações menos conseguidas  que assinou na última edição quer do Open de Macau, quer do Open de Hong Kong.

Medalhista de bronze no torneio olímpico de badminton dos Jogos de Londres 2012, a antiga número um do mundo – actual nona do ranking –  explicou que, mesmo sem estar totalmente recuperada, decidiu participar para testar os seus limites contra jogadoras de topo naquela condição física.

Tanto no Open de Badminton de Macau como no Open de Hong Kong, provas a contar para a Super Series da Federação Internacional de Badminton (BWF), Nehwal acabaria por ser eliminada nos quartos-de-final: “Estou a recuperar bem, joguei dois torneios em que fiquei às portas das meias-finais e isso foi apenas o início. Diria que, após a reabilitação, apenas joguei umas duas ou três semanas e apenas queria testar como é que eu estava naquela altura. Mesmo sabendo que não estava a 100 por cento, quis jogar contra jogadoras do mais alto nível”, explicou a atleta, citada pela agência indiana PTI.

 

Passar ao lado dos conselhos do técnico

 

Saina Nehwal revelou ter recebido recomendações do seu treinador, Vimal Kumar, para que não jogasse em Hong Kong e Macau com tão pouco tempo passado após a cirurgia. “Isso era o que ele me dizia. Estava um pouco mais cauteloso e pediu-me que não jogasse nesses torneios. Dizia-me para dar-lhe tempo e recuperar, para regressar mais forte”, conta a jogadora. Nehwal reconheceu não ter dado ouvidos aos conselhos, apenas porque já sentia falta da competição: “Quis jogar porque já fazia tempo que não disputava um torneio e estava a sentir-me um bocado aborrecida. Queria apenas ver como é que estava a jogar. Lá no fundo, sabia que não ia vencer esses torneios, mas quis tentar dar o meu melhor”, admitiu. A atleta indiana lembrou que ambas as provas, de qualquer forma seriam os últimos dois torneios do ano e que haveria sempre tempo para recuperar, uma vez que a competição só será retomada em Março do próximo ano.

O balanço da sua prestação nas duas provas acabou por não ser mau de todo, defende: “Fiquei satisfeita com o meu desempenho, após uma cirurgia assim chegar a dois quartos-de-final com tão pouca preparação. Estou contente por ter conseguido ainda assim bater um par de jogadoras de topo em ambos os torneios”, defende.

A próxima temporada, promete Saina Nehwal, vai ser em grande, uma vez que, por altura do reinício da competição, já deverá estar totalmente recuperada.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s