Brasileiros do futebol de Macau lamentam tragédia do Chapecoense

A consternação é geral após o acidente que abalou o futebol sul-americano na terça-feira. O PONTO FINAL falou com dois brasileiros que actuam no futebol de Macau e que contam como acompanharam as trágicas notícias que chegaram da Colômbia.

Chapecoense fans attend a mass for victims of plane crash

Rodrigo de Matos

É um dos momentos mais tristes da história do futebol brasileiro. A equipa-sensação da Taça Sul-Americana deste ano – ao atingir a final naquela que foi apenas a segunda participação numa competição internacional – foi dizimada por um trágico acidente de aviação, quando se preparava para aterrar em Medellín, na Colômbia, para discutir o título com o Atlético Nacional. O drama da Associação Chapecoense de Futebol foi vivido à distância com enorme tristeza pelos brasileiros que actuam no território.

Wilson de Almeida Júnior, mais conhecido no mundo do futebol como Juninho, festejou há meia dúzia de dias um desaire da “Chape”: é que a derrota por 1-0 frente ao Palmeiras deu o título do Brasileirão à equipa paulista, da qual é adepto fervoroso. De férias na sua Rolândia natal, no interior do estado do Paraná, este guarda-redes de 33 anos – que actua em Macau desde 2010 – jamais poderia imaginar que as suas lágrimas de palmeirense viriam a juntar-se dias depois às dos chapecoenses, e às de flamenguistas, corintianos, cruzeirenses, vascaínos, brasileiros e amantes do futebol em geral.

 

“Caí no choro umas três vezes”

 

A mensagem de um amigo chegou pelo telemóvel, mas Juninho estava a dormir.

“Quando vi a foto e a notícia que me enviaram, nem queria acreditar. Liguei logo a televisão e passei o dia a assistir às notícias e a comunicar com familiares e amigos. Caí no choro umas três vezes”, contou ontem ao PONTO FINAL.

Vizinho na região Sul do Brasil, o estado de Santa Catarina, onde se situa Chapecó, faz fronteira a Norte com o Paraná e Juninho tem uma proximidade grande com os clubes da região. Dos ocupantes do voo trágico, conhecia o treinador Caio Júnior – tendo defrontado equipas treinadas por ele quando actuou nas camadas jovens de outros clubes – e o guarda-redes Danilo, um dos heróis da caminhada da Chapecoense na Taça Sul-Americana, que chegou a estar entre os três ocupantes da aeronave resgatados com vida, mas que viria a morrer mais tarde no hospital: “O Danilo chegou a jogar aqui no Nacional de Rolândia e no Londrina, aqui perto, quando eu já estava em Macau. Não chegamos a jogar juntos, mas eu conhecia de vista e acho que era um cara super-gente-boa. Pelo que sei, gostava muito de treinar”, recorda o guarda-redes que chegou a brilhar pelo Sporting de Macau e que na última temporada jogou pela equipa do Consulado de Portugal.

 

Josecler: “Futebol de Macau devia prestar homenagem”

 

O treinador brasileiro do Ka I também foi apanhado desprevenido: “Recebi a notícia pela manhã e fiquei chocado. Acho que foi um choque para todo o mundo. Uma notícia muito triste e uma perda enorme para o desporto no Brasil”, considera Josecler, técnico que já há muitos anos é uma das figuras da I Divisão do Bolão.

Os futebolistas que morreram no desatre, sublinha, tinham ainda muito para dar ao futebol: “Eram jogadores que tinham o sonho de jogar num clube grande, alguns deles bastante jovens e, com a boa campanha que o Chapecoense vinha fazendo, eram mesmo capazes de conseguir”.

Na opinião de Josecler, a Associação de Futebol de Macau não deveria deixar o episódio passar em claro aquando da reabertura do campeonato, para o ano. “Acredito que em Macau deveria ser feito algum tipo de homenagem. Acho importante. No primeiro jogo de cada equipa na nova temporada, podia ser feita uma homenagem”, defende.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s