Trabalhos de instalação de rede de videovigilância vão-se arrastar até 2020

camaras-de-vigilancia-niza

Na sessão de abertura do debate sectorial da Área da Segurança no contexto das Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2017, Ng Kuok Cheong foi um dos deputados que mais focou a questão do projecto de instalação de câmaras de videovigilância, o chamado “Sky Eye”.

Segundo o deputado, de acordo com o Relatório da Comissão de Auditoria de 2014, a eficiência do sistema de videovigilância manifesta-se “pouco satisfatória”.

Ng Kuok Cheong questionou o Secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, sobre as câmaras instaladas em pontos estratégicos do território, perguntando em concreto quantas, de um total de 1600, estão em funcionamento e funcionam eficazmente.

Ma Io Kun, Comandante-geral dos Serviços de Polícia Unitários, mencionou que o projecto já conheceu resultados satisfatórios entre 15 de Setembro e 20 de Novembro, tendo sido possível resolver duas dezenas de casos de furtos e ofensa corporal no território.

O Secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, adiantou na apresentação das LAG 2017 para a sua tutela que o “Sistema de Monitorização Digital da Cidade” vai entrar na segunda e terceira fase do projecto. Ma Io Kun acrescentou que será feita a instalação de um total de 601 novos dispositivos.

O responsável pelos Serviços de Policia Unitários avançou também que o concurso para destacar o responsável pela quarta fase da empreitada já decorreu e um total de 800 câmaras de vigilância vai ser instalado durante o próximo ano e o ano de 2018. O término dos trabalhos está previsto para o ano de 2020.

Sendo Macau um centro mundial de turismo e de lazer, a economia mantém-se em constante ajustamento e a criminalidade transforma-se constantemente. Wong Sio Chak apresentou no final da semana passada os dados relativos aos crimes cometidos durante os primeiros nove meses deste ano, realçando que a criminalidade violenta cresceu 8,4 por cento. Neste sentido – e no âmbito concreto dos pressupostos de videovigilância – o secretário para a tutela da Segurança referiu que outra das concretizações previstas para o ano de 2017 é a “introdução de câmaras de videovigilância para proteger as forças policiais”. J.F.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s