Tap Seac recebe Feira de Natal com a chancela do IACM

 

3-tap-seac-1

A organização de um bazar entre 19 e 31 de Dezembro, na Praça do Tap Seac, é a grande novidade das celebrações da quadra natalícia promovidas pelo Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais. Para além das 24 tendas presentes, o IACM preparou igualmente uma exposição de floricultura, que vai incluir mais de 3 mil plantas.

“O IACM organiza pela primeira vez a Feira de Natal, com o intuito de proporcionar a cidadãos e turistas mais uma opção de lazer nesta quadra festiva e, assim, aumentar as atracções turísticas da RAEM”, pode ler-se em comunicado.

Entre as 24 tendas instaladas na praça do Tap Seac, 20 estarão destinadas à venda de produtos criados pelas indústrias criativas do território e as outras quatro vão vender refeições ligeiras.

No mesmo espaço, residentes e turistas poderão igualmente encontrar um insuflável gigante para crianças, espectáculos de magia e palhaços, três vezes por dia. Haverá igualmente um Pai Natal na Praça do Tap Seac, que além de participar  num espectáculo, vai  também entregar lembranças.

O IACM vai igualmente, e a exemplo do que sucede todos os anos, decorar as ruas com motivos alusivos ao Natal, sendo que os ornamentos vão estar ligados entre o dia 2 de Dezembro e o início de Janeiro. Este ano a iluminação é subordinada ao tema “Magnífico mar de luzes enche a cidade”. Ao todo, 73 locais espalhados pelo território vão receber enfeites de grandes dimensões ou com a forma de um trenó puxado por renas ou em alternativa com a forma de árvores de Natal e bolas gigantes. Vão ser também instalados quatro presépios: na Praça de Jorge Álvares, no Largo da Sé e no Largo do Carmo e, pela primeira vez, também no Praça do Tap Seac.

O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais foi igualmente o responsável pela organização, no sábado, de um Fórum sobre Educação Cívica que visa debater e estudar os assuntos relacionados com a educação cívica no Território. Este tipo de eventos vai ser organizado de forma regular e na primeira sessão Li Song, director do Centro para o Desenvolvimento da Literatura e Artes Étnicas e Populares do Ministério da Cultura da China, foi o primeiro orador convidado.

 

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s