Selecção de futebol conquista Taça Guangdong-Macau

Depois de ter vencido a primeira-mão fora, por 2-1, o conjunto do território fez ainda melhor a jogar perante o seu próprio público e voltou a ganhar, desta vez por 3-1. No final, o seleccionador Joseph Tam era um homem satisfeito pela boa temporada da equipa, que se apresentou também em bom plano na Taça da Solidariedade AFC, na Malásia, na primeira quinzena do mês.

1-malasia

Rodrigo de Matos

A selecção de futebol de Macau conquistou este fim-de-semana a 14.ª edição do torneio que disputa todos os anos com um seleccionado da vizinha província continental de Guangdong, ao vencer por 3-1 o jogo da segunda-mão, disputado no campo da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST).

Depois de ter vencido fora o primeiro encontro (2-1), Macau entrou em campo a precisar apenas de um empate para erguer o troféu, mas ainda assim não deixou de procurar a vitória desde o início e conseguiu mesmo chegar à vantagem aos 22’, com um golo apontado pelo avançado Pang Chi Hang, num cabeceamento perfeito após cruzamento.

Respondeu de imediato a formação de Guangdong, passando a exercer maior pressão e a criar oportunidades que levaram ao golo do empate, apontado por Zheng Ruihuan à passagem da meia hora de jogo: “Os nossos jogadores acusaram o empate. Estivemos um pouco nervosos até ao intervalo e a equipa de Guangdong criou várias oportunidades”, resumiu Joseph Tam Iao San, o seleccionador de Macau, ontem em conversa com o PONTO FINAL. “Felizmente, consegui serenar o grupo para a segunda metade e entrámos em campo mais calmos e a trabalhar mais a posse de bola”, prosseguiu.

A controlar melhor a partida, Macau teve a paciência necessária para segurar a vantagem que trazia da primeira-mão e selar o desfecho da segunda-mão com o ponta-de-lança Leong Ka Hang a apontar o 2-1, a sete minutos dos 90’. Já em tempo de descontos, a selecção da RAEM foi ainda capaz de dar a estocada final nas ambições do conjunto do continente com o 3-1 marcado pelo médio Lam Ka Seng. No conjunto das duas mãos, Macau terminou com um saldo de 5-2 a seu favor. No final, o técnico Joseph Tam era um homem satisfeito e destacou neste triunfo “o esforço e dedicação da equipa, que deu cem por cento”.

 

Desfecho em grande para a época

 

Para Macau, a vitória no torneio fecha com chave de ouro uma temporada marcada pelo desempenho em bom plano na Taça da Solidariedade da Confederação Asiática de Futebol, que se disputou na primeira metade deste mês em Kuching, na Malásia, e em que a selecção da RAEM se sagrou vice-campeã, tendo perdido apenas na final, diante do Nepal pela margem mínima. Para Tam, esta vitória diante da selecção de Guangdong é, sem dúvida, reflexo da motivação que foi sendo conquistada com os resultados que apareceram ao longo da Taça da Solidariedade.

“Os jogadores estão de parabéns e este prémio é para eles, mas também para a equipa técnica e todos aqueles que nos apoiam. Tudo isto tem contribuído e vai continuar a contribuir para que a equipa melhore”, prevê o seleccionador, lembrando que a selecção disputou esta competição contra Guangdong desfalcada de alguns jogadores que, por motivos profissionais, não puderam participar.

“Mas os outros jogadores chamados para os substituir souberam agarrar a oportunidade e estiveram em bom plano, mostrando que isto é um grupo onde todos são importantes e estão a remar para o mesmo lado”, considera.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s