Macau e França são quem mais contribui para os activos internacionais da Caixa

 

 

0-bnu

Nos nove primeiros meses do ano, o Banco Nacional Ultramarino contribuiu com o segundo montante mais significativo para os resultados líquidos obtidos pelo grupo Caixa Geral de Depósitos em termos de actividade internacional.

A sucursal de França do banco estatal português contribuiu para as contas da entidade bancária com 62,1 milhões de euros, um valor que supere o contributo do BNU em quase 18 milhões. O Banco Nacional Ultramarino contribuiu com 45,2 milhões de euros, o BCG Angola com 18,9 milhões, a filial espanhola da Caixa Geral de Depósitos com 15,7 milhões e o BCI Moçambique com 9,8 milhões de euros.

Entre Janeiro e Setembro, a Caixa Geral de Depósitos teve prejuízos de 189,3 milhões de euros, comparativamente a um lucro de 3,4 milhões de euros registados no mesmo período de 2015, anunciou o banco no fim-de-semana.

De acordo com dados publicados na página da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) na Internet, o produto bancário alcançou os 1.182,2 milhões de euros em Setembro de 2016, uma redução de 432,8 milhões de euros face ao período homólogo de 2015, “penalizado pela redução em 370 milhões de euros nos resultados de operações financeiras”, justifica o banco público português no comunicado enviado ao regulador.

A margem financeira estrita cresceu, nos primeiros nove meses do ano, 48,1 milhões de euros para 854,7 milhões de euros, equivalente a uma subida de 6 por cento face ao período homólogo, devido “à redução do custo de funding (-244,1 milhões de euros, -17,2 por cento) superior à diminuição igualmente sentida nos juros de operações ativas (-195,9 milhões de euros, -8,8 por cento)”.

A Caixa Geral de Depósitos tem estado envolta em polémica, devido ao impasse gerado relativamente à apresentação das declarações de património e de rendimentos ao Tribunal Constitucional por parte da nova equipa de gestão do banco público, que, segundo as notícias que têm vindo a público, entende que não está obrigada a fazê-lo, com a oposição a exigir esclarecimentos ao ministro das Finanças, Mário Centeno.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s