Chineses na diáspora podem dar uma mãozinha à política “Uma Faixa, Uma Rota”

 

90-3270

A concretização da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” pode receber uma ajuda preciosa dos chineses a viver no exterior, foi uma das ideias elaboradas num debate promovido pela Associação dos Antigos Alunos da Universidade de Jinan em Macau.

Muitas empresas chinesas e estrangeiras podem até estar interessadas em investir nos países e cidades ao longo da rota, mas a informação sobre o ambiente de investimento nem sempre é abrangente: “Os investidores podem fazer uso dos chineses baseados no exterior para perceberem o ambiente de negócios para investimento e projectos”, considera o académico Liang Haiming, um dos principais oradores do debate, sublinhando que os cidadãos chineses a viver no estrangeiro podem manter uma relação próxima ao investimento e ajudar na edificação da politica “Uma Faixa, Uma Rota”, numa intervenção captada pelos microfones da emissora em Língua Chinesa da Rádio Macau.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s