Billy Lo consegue segundo pódio na Guia

 

2-bily

Billy Lo Kai Fung, piloto nascido em Hong Kong mas que corre com as cores de Macau, foi o grande vencedor da edição de 2016 do Macau Road Sport Challenge. O piloto, que em 2013 venceu a última edição da prova do Interport MAC/HKG Hotel Fortuna, voltou a subir ao lugar mais alto da tribuna de honra no Circuito da Guia ao superiorizar-se a Wong Wang Long e ao veterano Ng Kin Veng, numa prova acidentada, que terminou com o “safety car” em pista.

A corrida decisiva do Macau Road Sport Challenge, disputada ao início da manhã de sábado, cumpriu-se quase por completo com o piso molhado, obrigando os pilotos a conduzir com pneus de chuva, uma opção que acabou por beneficiar o grande vencedor da prova: “Já corri em Macau com chuva por três ou quatro vezes. Vimo-nos obrigados a recorrer aos pneus de chuva, mas em algumas nem os pneus ajudaram dada a quantidade de água acumulada na pista”, explicou Billy Lo ao PONTO FINAL.

Ao volante de um Mitsubishi EVO 7, Lo Kai Fung partiu para a corrida de sábado na segunda posição da grelha de partida, atrás de Leong Ian Veng, piloto que defendia no traçado da Guia o triunfo alcançado há um ano. Leong, que dominou no circuito do território durante uma boa parte do fim-de-semana, manteve-se na liderança da corrida até à sexta volta, quando perde a liderança para Lo, aparentemente devido a problemas técnicos. Aos comandos de um Mitsubishi EVO 9, Leong Ian Veng acabou por cair na classificação, terminando apenas na 22.ª posição da geral.

Com via aberta para o triunfo, Billy Lo não teve sequer de cumprir as dez voltas regulamentares ao Circuito da Guia. À oitava volta, um acidente na zona da subida de São Francisco obrigou à entrada em pista do “safety car” e a prova acabaria pouco depois, com a passagem dos primeiros pela zona da meta. Lo Kai Fung cumpriu oito voltas ao circuito do território em 27:08.198, cortando a linha de chegada com uma vantagem de 14.061 sobre o mais directo adversário, o vencedor de 2014, Wong Wan Long.

Feliz com a vitória, Billy Lo diz, no entanto, que o triunfo foi tudo menos fácil: “Nesta prova do Roadsport Challenge, os carros competem com muitas modificações. É muito mais difícil vencer nesta categoria. Na Taça Fortuna todos os pilotos competiam com carros com igual cilindrada. Agora não e é por isso que é muito mais difícil vencer”, explica.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s