Xi Jinping iniciou périplo pela América Latina

O presidente chinês inicia hoje uma visita de uma semana a vários países da América Latina. Para além de tomar parte na cimeira do Fórum de Cooperação Económica da Ásia-Pacífico, que decorre no Peru, Xi Jinping vai ainda visitar o Equador e o Chile.

1-chinese-president-xi-jinping

O Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, partiu esta quarta-feira para um périplo pela América Latina, que decorre até ao dia 23 de Novembro e inclui visitas a três países, visando dar novo impulso à cooperação económica.

Xi partiu esta manhã de Pequim, acompanhado de Yang Jiechi, conselheiro de Estado chinês e responsável pela política externa do país, e vários altos quadros do Partido Comunista da China, informou a agência oficial Xinhua.

Trata-se da terceira visita de Xi Jinping à América Latina desde que ascendeu ao poder, em 2012, e será centrada nos países na costa do Oceano Pacífico, com os quais Pequim mantém uma importante relação económica e política.

Xi Jinping visitará primeiro o Equador, tornando-se o primeiro chefe de Estado chinês a deslocar-se ao país, onde vai assinar acordos nas áreas de cooperação económica, cultura e judicial. O líder chinês tem previsto assistir, junto com o seu homólogo equatoriano, Rafael Correa, à inauguração da central hidroelétrica Coca Codo Sinclair.

Entre os dias 19 e 20, Xi Jinping participa, no Peru, da cimeira do Fórum de Cooperação Económica Ásia Pacifico (APEC), certame ao qual acorrem também os homólogos norte-americano e russo, Barack Obama e Vladimir Putin, respectivamente.

Xi realizará ainda uma visita de Estado a Lima, estando prevista a assinatura de acordos nos sectores da mineração, energia, infra-estruturas e financiamento.

A República Popular da China é o maior parceiro comercial do Peru e a primeira deslocação ao exterior do Presidente Pablo Kuczynski, após ser eleito em Julho, foi a Pequim. Por fim, Xi Jinping desloca-se ao Chile, onde já esteve por duas vezes, antes de ascender ao cargo de Presidente.

Xi vai reunir-se com a Presidente Michelle Bachelet, com quem assinará acordos nas áreas da economia, comércio e comunicações.

A República Popular da China tem acordos de livre comércio com o Peru e o Chile e durante o fórum da APEC, em Lima, os países vão discutir a criação de uma zona de Livre Comércio Ásia Pacífico (FTAAP, na sigla em inglês).

Pequim importa sobretudo minérios e petróleo da América Latina. Nos últimos anos, os países latino-americanos têm apelado a um investimento no tecido industrial e nas infra-estruturas, algo que convém à China, que procura internacionalizar as suas empresas.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s