Mundial 2018: Político detido por fraude

a-igreja-do-sangue-derramado

Investigadores russos anunciaram ontem a detenção do antigo vice-governador de São Petersburgo Marat Oganesyan, por suspeita de fraude durante a construção de um estádio que deverá acolher jogos do Mundial2018 de futebol.

Marat Oganesyan –  que foi vice-governador entre 2013 e 2015 – é acusado de ter feito um acordo ilegal com uma empresa que deveria fornecer os painéis de vídeo para o estádio. Segundo os investigadores, Oganesyan poderá estar envolvido numa fraude que ronda os 50 milhões de rublos.

Além de Marat Oganesyan, estão a ser investigados mais três funcionários da empresa. O estádio de São Petersburgo, com capacidade para 68.000 espectadores, começou a ser construído em 2007 e deverá estar concluído até final deste ano.

A construção do estádio, que deverá acolher, entre outros jogos, uma das meias-finais do Mundial2018 e servir de casa ao Zenit São Petersburgo, tem sido marcada por atrasos e polémicas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s