Governo vai apertar (ainda mais) o cerco aos promotores de jogo

3-sun-city

O Governo pretende fazer no próximo ano uma auditoria das contas financeiras dos angariadores de grandes apostadores para os casinos. A medida consta do relatório das Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2017, apresentado ontem pelo chefe do Executivo, Fernando Chui Sai On.

Segundo o documento, o Executivo vai “desencadear uma auditoria específica em relação aos registos dos depósitos temporários e créditos dos clientes e controlo interno, analisando o rácio de movimentação financeira de cada promotor de jogo”.

À luz do calendário previsto, essa auditoria, que deverá iniciar-se em Fevereiro e terminar em Dezembro do mesmo ano, surge no quadro do reforço da regulamentação e fiscalização das contas financeiras dos ‘junkets’.

Macau tem vindo a ‘apertar o cerco’ à actividade dos promotores de jogo VIP, desde há um ano, com novas instruções a definirem, por exemplo, regras mais apertadas no exercício da profissão ou ao nível do regime contabilístico.

O território contava com 141 promotores de jogo autorizados a exercer actividade durante o ano de 2016, o número mais baixo desde 2006, um reflexo da conjuntura dos casinos e, em particular, do mercado de grandes apostadores (VIP).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s