Rui Valente: “Se chover, podemos conseguir uma boa classificação”

Os Chevrolet Cruze dos pilotos macaenses Filipe de Souza e Jerónimo Badaraco, da Son Veng Racing, são, na opinião de Rui Valente, as máquinas com melhores argumentos para contrariar o favoritismo dos Peugeots RCZ da Suncity Racing. O veterano volta a aventurar-se nas curvas e contra-curvas da Guia ao volante de um Mini Cooper S.

1-rui-valente

Rodrigo de Matos

Será o representante solitário da equipa On Wheels Motorsport na Taça de Carros de Turismo de Macau, inserida no Grande Prémio de Macau deste ano. Rui Valente considera que o seu Mini Cooper S não é suficientemente rápido para competir com os pilotos favoritos, mas defende que as condições meteorológicas podem ajudar a baralhar as cartas e abrir perspectivas de um bom resultado final: “Gostava de me chegar aos lugares da frente, mas não tenho carro que me permita ter grandes ilusões de competir com os quatro Peugeots RCZ que vêm de Hong Kong e que são sem dúvida os favoritos para esta prova”, disse ao PONTO FINAL, referindo-se à equipa Suncity Racing Team, que se apresenta em Macau com Paul Poon (campeão no ano passado), Samson Fung (vice), Samuel Hsieh e Alexander Fung. “Mas, se chover, então muita coisa pode mudar. É que, com a chuva, os carros mais rápidos não têm a mesma força”, explica.
O piloto de Macau estará, por isso, a torcer para que chova no dia da corrida: “Sei que o fim-de-semana perde um pouco a graça para o público, mas para os pilotos que rodam mais atrás do pelotão da frente, a pista molhada pode permitir animar a corrida em termos de competição”, considera.

Sem chuva, Top-10 já é bom

Com a pista seca, o Mini Cooper S não deverá ser páreo para a concorrência, principalmente vinda dos Peugeots RCZ da Suncity Racing. “Não tenho carro para andar lá na frente. Se não chover, tendo em conta a diferença das máquinas em prova, penso que terminar num lugar dentro dos 10 primeiros já seria bom. Mas, se chover, como disse, tudo pode acontecer”, prevê Valente, que considera os pilotos de Macau que correm com os Chevrolet Cruze da Son Veng Racing Team – Filipe de Souza e Jerónimo Badaraco – os que melhores argumentos têm para contrariar o favoritismo dos Peugeots RCZ de Hong Kong.
Se conseguir ficar dentro do Top-10, Rui Valente terá melhorado bastante o desempenho conseguido na última edição do GP de Macau, em que terminou no 18.º posto. Seria também, para o piloto de Macau, uma boa forma de concluir uma temporada bem melhor do que a anterior, quando só garantiu a qualificação para participar no GP de Macau por repescagem: “Desta vez, logo à segunda corrida, conseguimos os pontos suficientes para uma qualificação directa, que é o principal objectivo dessas corridas”, lembrou, referindo-se ao Campeonato de Turismos de Macau, disputado no Circuito Internacional de Zhuhai, em duas corridas realizadas em quatro mangas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s