Consultores de Hong Kong recomendam acções de casinos de Macau

Para a empresa de consultoria de investimentos Janchor Partners, de Hong Kong, as acções da Wynn Macau, cotada na Bolsa de Valores da região vizinha, são das mais apetecíveis e deverão dar bons resultados dentro de um ou dois anos. Para que os títulos bolsistas das concessionárias de jogo se valorizem só é necessário um fluxo de apostadores mais sustentável no mercado de massas.

1-bolsahk

É tempo de voltar a apostar nas acções das empresas que operam casinos em Macau. Quem o diz é John Ho, fundador da firma de consultoria de investimentos Janchor Partners, da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong, que prevê bons resultados em bolsa para as operadoras de jogo cotadas no mercado de capitais da RAEHK.
O mercado de jogo no território irá beneficiar do crescimento no mercado de turismo de massas com origem na República Popular da China e que irá proporcionar um aumento sustentável nos fluxos de capital, vaticinou Ho num discurso durante uma conferência na Austrália, no final da semana passada.
Depois do crescimento avassalador que o mercado teve durante meia-dúzia de anos, com a capitalização das operadoras de Macau listadas em bolsa a aumentar sete vezes para 180 mil milhões de dólares (1,43 biliões de patacas) a queda verificada no último par de anos chegou aos 70 por cento, como resultado do reflexo que a caça à corrupção na China e o abrandamento da economia chinesa tiveram no mercado de apostas VIP. Mas o fundador da Janchor Partners argumenta que a aposta no mercado de massas irá dar frutos mais cedo ou mais tarde e observa que existem na República Popular da China cerca de 300 milhões de pessoas com poder económico suficiente para visitar Macau. Dessas, sublinha, apenas 25 milhões já o terão feito, o que implica a existência de uma grande população de potenciais turistas à procura de diversão. “Nos próximos anos, o modelo de negócio já não se fica pelo jogo – trata-se de desfrutar de uma experiência e estilo de vida”, disse Ho, citado pelo The Australian Financial Review.

Wynn é a dica quente

Assim, John Ho sugere aos investidores que considerem comprar títulos da Wynn Macau, cotada na Bolsa de Valores de Hong Kong. Os eventuais investidores irão colher frutos à medida que as operadoras forem beneficiando de um fluxo de turistas mais sustentável. A operadora de Steve Wynn, prevê o consultor, deverá ser capaz de gerar mil milhões de dólares (7,9 mil milhões de patacas) em Fluxos de Caixa do Accionista (FCA) dentro de um a dois anos, o que torna as acções dessa empresa particularmente atractivas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s