Trabalhadores residentes começam a valorizar mais o posto de trabalho

3-jogo

A crise no sector do jogo fez com que os trabalhadores residentes da indústria do jogo estejam mais receptivos para receberem formação interna, ao mesmo tempo que valorizam mais o seu emprego. Esta é a visão de Ho Sut Heng, presidente da Federação das Associações dos Operários de Macau, noticiou ontem a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

O Centro de Apoio Profissional da FAOM organizou ontem a feira de recrutamento de Inverno e a responsável disse que a procura de emprego volta a estar mais fácil, depois da crise no sector do jogo, mas que houve certas mudanças permaneceram vincadas. Como exemplo Ho Sut Heng aponta o aumento das transferências internas no seio das concessionárias de jogo do território, com os trabalhadores a assumirem funções diferentes.

Por outro lado, a presidente da FAOM apelou para que fossem dadas mais oportunidades aos novos imigrantes em Macau, que não tem qualificações muito elevadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s