Nova Zelândia entrega empresário chinês às autoridades de Pequim

3-yan

Um empresário chinês do sector farmacêutico, incluído na lista dos 100 fugitivos mais procurados pelo Governo Central no estrangeiro, foi extraditado depois de 15 anos em fuga na Nova Zelândia e na Austrália, anunciou no sábado o Executivo de Pequim.

Yan Yongmin rendeu-se à polícia na Nova Zelândia e foi extraditado para a China com a cooperação das autoridades daquele país, afirmou a comissão central para a inspecção da disciplina chinesa.

Yan, antigo director da Tonghua Golden Horse Pharmaceutical Group em Tonghua, cidade do nordeste da China, fugiu para a Austrália em 2001 depois de ter sido acusado de fraude e desfalque, de acordo com notícias da época.

Posteriormente, o fugitivo – que adoptou a cidadania da Nova Zelândia com o nome de William Yan, estava na lista do Governo chinês dos 100 fugitivos mais procurados no estrangeiro.

Segundo o jornal do Governo chinês China Daily, 33 pessoas que faziam parte da lista já foram transferidos para a China desde Julho último.

A República Popular da China tem poucos tratados de extradição com outros governos e a Nova Zelândia é o terceiro maior destino dos fugitivos chineses, a seguir aos Estados Unidos e ao Canadá, segundo a revista de negócios chinesa Caixin

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s