Neto Valente considera acusação de Ho Chio Meng “arrepiante”

O presidente da Associação dos Advogados de Macau atacou o despacho de acusação a Ho Chio Meng, que vai ter de responder por 1536 crimes. Neto Valente confirmou ainda, à Rádio Macau, que vai candidatar-se para mais um mandato à frente da Associação.

1-neto

O presidente da Associação dos Advogados de Macau considerou o processo de acusação ao antigo procurador da RAEM, Ho Chio Meng, arrepiante devido ao elevado número de crimes envolvidos. Na passada quinta-feira o Tribunal de Última Instância revelou que Ho Chio Meng vai começar a responder no dia 5 de Dezembro pela prática de 1536 crimes, após ter sido detido em Fevereiro.

“A mim surpreende-me muito. Acho que é arrepiante. É uma maneira errada de apresentar o problema. Eu não devo pronunciar-me sobre processos pendentes, aliás não sou advogado no processo. Mas pelo que sei e pelo que li, estou arrepiado pela maneira como se constrói a história, que é aquilo que veio no jornal e que faz com que qualquer pessoa normal fique assustada e preocupada”, afirmou  Jorge Neto Valente, em declarações à Rádio Macau.

“Como é que é possível desenvolver aquela teoria tão conspirativa e fazer 10 mil folhas de um processo a acusar uma única pessoa de mil e tal crimes? Parece que o senhor não fazia mais nada a não ser dedicar-se à prática de crimes. Isso não é verdade”, sublinhou.

O causídico recordou que o antigo procurador exerceu o cargo durante 15 anos, além de ter sido adjunto do Comissário Contra a Corrupção durante a administração portuguesa. Tendo por base este raciocínio, Neto Valente defendeu que Ho Chio Meng está a ser algo de um “grandíssima injustiça”, que “não pode deixar de chocar”, à semelhança de outras decisões dos tribunais “que são incompreensíveis para a sociedade”.

O advogado deixou também críticas ao processo pelo facto da defesa apenas ter 20 dias para “ler e elaborar um documento de resposta” a um caso que tem mais de 10 mil páginas: “É isto que é a justiça que nós temos. Claro que o advogado pode pedir a prorrogação do prazo e se lhe for concedida, dará um belíssimo pretexto para dizer ‘o tribunal quer andar depressa, a defesa é que vai arrastar o processo porque até teve a lata de pedir prorrogação’”, acusou.

Também em declarações à Rádio Macau, Jorge Neto Valente revelou que vai apresentar uma lista às eleições para a Associação dos Advogados, que decorrem no próximo mês. Uma lista que não enfrentará qualquer concorrência: “Não apareceu outra lista, infelizmente. Avisámos, tentámos, convidámos, mas não conseguimos arranjar outra lista. Portanto, há algumas renovações, algumas substituições mas é uma lista de continuidade”, explicou.

Além de Neto Valente, a nova lista vai continuar com Paulino Comandante na direcção. Já a Assembleia Geral vai ter como presidente Philip Xavier, ficando Rui Cunha na liderança do Conselho Fiscal. Em relação ao Conselho Superior de Advocacia, a Rádio Macau avança que Frederico Rato deve assumir a presidência.

O objectivo da lista passa por melhorar a Justiça do Território, que para Jorge Neto Valente “não está com muita saúde e não tem nada que a recomende”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s