População de Macau diminui em 4.800 pessoas no terceiro trimestre

macaupovo

O território perdeu, no espaço de três meses, 4.800 pessoas. No final de Setembro, a Direcção dos Serviços de Estatísticas e Censos estimava em 647 700 o número de habitantes do território, sendo que a população feminina (332 700 pessoas) equivalia a 51,4 por cento da população total da RAEM.

Segundo a DSEC, o número de nados-vivos (1.885) aumentou 15 por cento e o de óbitos (480) diminuiu em igual percentagem. O universo de trabalhadores não-residentes – estimado em 180.277 – diminuiu em 2.182 pessoas face ao trimestre anterior.

“Durante o terceiro trimestre deste ano nasceram 1.885 nados-vivos, equivalentes a um aumento de 15 por cento, isto é, mais 246 nados-vivos, em termos trimestrais”, adiantou a nota ontem divulgada pela DSEC. Na distribuição entre nados-vivos, o sexo masculino assume a dianteira: “Do total de nados-vivos, 1.003 eram do sexo masculino e a relação de masculinidade à nascença correspondeu a 113,7, ou seja, havia 113,7 nados-vivos do sexo masculino por 100 nados-vivos do sexo feminino”. No cômputo dos primeiros três trimestres do ano, houve 5.188 nados-vivos – menos cinco – e 1.703 óbitos – mais 186 face a igual período do ano passado.

Já em matéria de óbitos, registaram-se 480 no trimestre em análise, o que corresponde a menos 85 em termos trimestrais: “As três principais causas antecedentes de morte foram tumores (192 óbitos), doenças do aparelho circulatório (99 óbitos) e doenças do aparelho respiratório (65 óbitos)”, refere o comunicado. Nos três primeiros trimestres do ano, foram registados 1.703 óbitos, o que corresponde a um aumento de 186 face ao mesmo período de 2015, dos quais 594 ficaram a dever-se a tumores (mais 32).

A nota da DSEC dá ainda conta da existência, no trimestre em causa, de 1.573 imigrantes chineses no território, um acréscimo de 302 em comparação com o trimestre passado. “Foram autorizados a residir em Macau 373 indivíduos, mais 34 em termos trimestrais. Até ao fim do terceiro trimestre deste ano existiam 180.277 trabalhadores não residentes, verificou-se um decréscimo de 2.182 indivíduos face ao trimestre precedente”.

Já em termos anuais homólogos, a população aumentou (em 4.600 pessoas), dado que no terceiro trimestre de 2015 a população do território tinha sido estimada em 643.100 habitantes, de acordo com dados da DSEC. Entre Janeiro e Setembro foram celebrados 2.912 casamentos, mais 159 em termos anuais homólogos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s