Macau pode beneficiar com Trump como presidente

 

A eleição de Donald Trump para a presidência norte-americana pode ser sinónimo de boas notícias para Macau, numa altura em que as contas da indústria do jogo regressam aos poucos a terreno positivo. A insistência do novo Presidente eleito dos EUA na estabilização do yuan pode atrair mais apostadores para os casinos da RAEM.

donald-trump-1024-1

Donald Trump tem insistido na necessidade da República Popular da China estabilizar a sua moeda. Os investidores da indústria do jogo estão entre aqueles que mais teriam a ganhar caso Pequim resolvesse fazer a vontade ao Presidente eleito dos Estados Unidos da América, sustenta o portal “The Street”. Se o yuan deixar de ser artificialmente desvalorizado, Macau pode assistir a um aumento de turistas e de apostadores, prevêem vários analistas.

“Apertar com a China”, foi, aliás, uma das promessas de campanha de Trump durante meses. O candidato do Partido Republicano considera “insustentável” o défice comercial dos EUA com a segunda maior economia do mundo. Na sua plataforma eleitoral, o Donald Trump prometeu que iria dar instruções ao seu secretário para o Tesouro para que rotulasse a China como um país que manipula a moeda e abrisse processos contra o país por utilizar uma política desleal no comércio exterior.

Essa retórica pode ter até conquistado o apoio de uma boa parte do eleitorado norte-americano, mas levantou também preocupações sobre os efeitos nocivos da demagogia do discurso para as empresas norte-americanas dependentes da República Popular da China para o seu crescimento. Nessa lista, figuram companhias como a Wynn Resorts ou a Las Vegas Sands, mas os analistas creem que esses receios não têm fundamento.

John Decree, analista da Union Gaming, acredita mesmo que a presidência Trump vai ser relativamente neutra no que diz respeito às relações entre a indústria do jogo e o Governo chinês: “Em geral, o relacionamento entre a indústria do jogo e Macau é bastante imune ao mercado mais amplo da China, pelo que, mesmo que haja algum agravamento das tensões, os casinos na região provavelmente não serão afectados”, afirmou Decree, em entrevista ao site norte-americano de informação financeira TheStreet.

“Macau continua a ser uma parte importante, senão a mais importante, no ecossistema da indústria mundial do jogo e essa importância deverá apenas crescer nos próximos trimestres”, considera Tony Owusu, colunista do TheStreet. “A política externa de Trump será neutra para os investidores de jogos de azar no pior dos cenários, e uma bênção para a indústria caso a China resolva pôr um fim à desvalorização da sua moeda”, como tem vindo a recomendar o novo Presidente eleito dos Estados Unidos, conclui Owusu.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s