GP de Macau e trânsito: “Saiam de casa mais cedo e vão para o trabalho a pé”

As autoridades que regulam o trânsito e a organização do evento alertam para as alterações à circulação durante o período do Grande Prémio de Macau. As carreiras de autocarros que passam normalmente pelas vias que fazem parte do traçado do circuito da Guia vão ver, como habitualmente, o seu funcionamento condicionado.

1-gpmacautransito

Rodrigo de Matos

O Grande Prémio de Macau não deixa indiferentes todos quantos têm de enfrentar diariamente o trânsito da cidade. O impacto da emblemática festa do desporto motorizado, que vai na sua 63.ª edição, começa a sentir-se semanas antes do tiro de largada para as corridas, com a montagem de barreiras e de todo o aparato de segurança a afectar a circulação nas vias. A organização do evento promoveu ontem uma conferência de imprensa para revelar que medidas introduziu este ano para minimizar o incómodo da população e deixou o recorrente apelo às pessoas: “Saiam de casa mais cedo e vão para o trabalho a pé”.

Este ano, à vedação do circuito foram acrescentados mais portões para permitir uma maior fluidez do trânsito nos pontos de intersecção do trajecto da Guia com as restantes vias da cidade. Quando as corridas param, os portões são abertos, relembraram os responsáveis pela organização do evento: “Queremos causar o menor inconveniente possível à população e este ano há mais sete portões novos. Procuramos criar portões em todos os cruzamentos”, referiu Diamantino Torrado, coordenador da subcomissão de infra-estruturas da comissão organizadora do GP de Macau. Ao todo, existem já ao longo de todo o percurso 140 portões “para facilitar a deslocação da população”.

O responsável destacou também a instalação de uma nova ponte temporária para peões na Rua de São Francisco e a sinalização luminosa nas entradas e saídas da Avenida da Amizade, além da instalação de painéis de informação sobre alterações de trânsito.

Vong Vai Hong, chefe substituto do departamento de trânsito da Polícia de Segurança Pública (PSP), aproveitou para deixar o aviso: “A partir das 4h da manhã, vamos evacuar todos os carros que estiverem estacionados dentro do circuito”.

A polícia vai ainda destacar agentes para controlar o trânsito em várias zonas onde os semáforos vão estar suspensos: “Apelamos às pessoas para que respeitem as regras de trânsito e as indicações dos agentes”, acrescenta.

 

Alterações às rotas de autocarros

 

Para quem costuma utilizar a rede de transportes públicos do território, as autoridades assinalam que alguns dos percursos vão ser afectados durante o GP: “Alguns dos itinerários dos autocarros vão sofrer alterações, com suspensão da carreira ou desvio da rota durante as corridas, pelo que recomendamos à população que esteja atenta e consulte a informação disponível antes de sair de casa para apanhar o autocarro”, alerta Mok Soi Tou, chefe da divisão de coordenação da Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT).

Quanto ao restante tráfego, o responsável avança que será instalada mais e melhor sinalização temporária e lembra também que muitas informações poderão ser consultadas a partir de segunda-feira numa aplicação para telemóveis, com indicações sobre parques de estacionamento, que vias estarão cortadas e a que horas, e demais informação sobre trânsito.

Seja como for,  a DSAT deixa um conselho à população que se repete ano após ano: “Recomendamos aos cidadãos que, durante a próxima semana, se desloquem mais a pé porque isso, em muitos casos, vai ser mais rápido do que ir de carro”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s