Não há registo de vítimas mortais no sismo em Itália

 

31italy-superjumbo

Até à hora de fecho desta edição do PONTO FINAL, a Protecção Civil italiana não tinha qualquer registo de vítimas mortais no forte abalo sísmico que abalou ontem o centro de Itália, originando feridos e a queda de habitações.

“No momento [final da manhã de ontem], não temos nenhuma informação sobre vítimas mortais. Há feridos e nós estamos no local a verificar”, afirmou aos jornalistas o chefe da Protecção civil, Fabrizio Curcio, em Rieti, uma cidade localizada próxima do epicentro.

O sismo de magnitude 6,5 na escala de Richter, com profundidade de 10 quilómetros, ocorreu às 07:44  da manhã e fez derrubar várias casas afectadas por sismos anteriores.

Segundo Fabrizio Curcio, o sismo fez “várias dezenas de feridos ligeiros, com excepção de uma pessoa (…) que se encontra em estado mais grave”.

Só haver feridos ligeiros e não haver vítimas mortais é “uma boa notícia”, disse a uma rádio italiana o presidente da Câmara de Amatrice, cidade que foi devastada no passado dia 24 de Agosto por um violento sismo, que provocou mais de 250 mortos.

Já o presidente da Câmara de Ussita, Marco Rinaldi, relatou aos meios de comunicação local: “Caiu tudo, vejo colunas de fumo, é um desastre, um desastre!”

Vários meios de comunicação social relatam que foram retiradas pessoas com vida dos escombros, seis das quais em Norcia, cidade localizada a seis quilómetros do epicentro, e três em Tolentino.

Além de ter causado vários derrubamentos de casas já afectadas por sismos anteriores, o sismo destruiu a Basílica de São Bento, em Norcia, e levou ao corte de muitas estradas no centro de Itália.

O sismo, que também foi sentido com intensidade em outras cidades como Florença ou Roma, ocorreu quatro dias depois de dois outros fortes terramotos terem atingido a mesma região do país e dois meses depois de, em 24 de Agosto, um outro de magnitude seis na escala de Richter ter causado a morte de 297 pessoas e a devastação de localidades históricas como Amatrice.

O Governo italiano anunciou na quinta-feira que ia disponibilizar 40 milhões de euros para ajudar as pessoas afectadas pelos dois fortes sismos de magnitude superior a cinco na escala de Richter que abalaram na quarta-feira o centro de Itália.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s