Sands China aposta na preparação de trabalhadores multifacetados

É através da formação interna de trabalhadores que a Sands China está a dar resposta à falta de recursos humanos no território. A solução passa por oferecer carreiras alternativas dentro do grupo, para colmatar lacunas para as quais o mercado local não tem resposta.

 

1.IFT.jpg

Sílvia Gonçalves

O grupo Sands China está a contornar as dificuldades de recrutamento de pessoal com a implementação de programas de formação de trabalhadores locais, explicou Beatriz Madureira ao PONTO FINAL. A directora associada de recursos humanos da Sands apresentou como exemplo as oportunidades de carreira noutras áreas dentro da empresa que são oferecidas aos croupiers, para contornar as lacunas existentes. A aposta, explica, passa por preparar trabalhadores multifacetados.
Beatriz Madureira participou, durante os dois últimos dias, num programa de desenvolvimento para gestores e executivos, organizado pelo Instituto de Formação Turística (IFT) em conjunto com a Escola de Administração Hoteleira da Cornell University, sob o tema “Pensamento Estratégico”: “Foi sobre a forma como se deve pensar de uma forma mais estratégica e não tanto operacional, porque isto estava mais dirigido aos hotéis, é o ramo onde eu trabalho. E portanto olharmos para as operações de forma estratégica, e não olhando só para o dia-a-dia e seguindo os procedimentos e as regras normais”, contou Beatriz Madureira ao PONTO FINAL, após a conclusão do programa, que contou com 21 participantes.
A responsável da Sands abordou as dificuldades sentidas ao nível do recrutamento, num território onde a escassez de recursos é conhecida: “Nós, como qualquer outro empregador em Macau, temos a grande dificuldade de arranjar pessoas para contratar. E portanto temos que olhar para esse problema e tentar arranjar as melhores soluções possíveis”. A solução passa, explicou ao PONTO FINAL, pela formação dos trabalhadores já integrados na companhia: “São implementados vários programas na nossa empresa. Por exemplo, aos croupiers, são-lhes oferecidas outras oportunidades de carreira, e portanto em vez de continuarem a trabalhar como croupiers durante um específico tempo, podem experimentar outras carreiras dentro da mesma empresa, e ver se gostam”, explica. “É-lhes dado treino, formação, e portanto tentamos criar trabalhadores multifacetados. Achamos que esta era uma forma de arranjarmos multidisciplinaridade nos trabalhadores”, remata Beatriz, que há cinco anos integra as fileiras da Sands.
Uma forma de preencher lacunas de pessoal que, segundo a responsável, “tem dado os seus frutos”. E em que áreas regista a Sands maior falta de trabalhadores? “Eu acho que se pode dizer que é um bocadinho de tudo. Porque, por exemplo, se calhar para categorias mais baixas, os locais não querem desempenhar esses papéis. E para categorias mais especializadas, infelizmente os locais ainda não estão ao nível que desejaríamos todos que estivessem. Não só porque os que estão mais desenvolvidos em termos educacionais estão fora. Ou então porque as pessoas ainda não acabaram de estudar e portanto ainda não atingiram o nível desejável pelos empregadores”, esclarece.
As soluções actualmente adoptadas remetem para a academia da empresa: “A Sands China tem uma academia de formação, e portanto apostamos tudo agora na formação dos trabalhadores o mais possível, especialmente nos locais”.
A aposta nos locais é uma escolha que se justifica com as restrições colocadas pelo Executivo na contratação de não-residentes: “Não podemos contratar, e portanto a nossa aposta tem que ser nos locais, tal como já temos feito, dando-lhes formação melhor e o mais possível nas valências em que sentimos mais falta”, explica.
A Sands Macau emprega actualmente cerca de quatro mil trabalhadores, conta Beatriz Madureira: “Quatro mil com alguma volatilidade, porque vamos andando de um lado para o outro nas propriedades da empresa”, conclui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s