Macau não discrimina contra turistas, assegura Senna Fernandes

3-senna-fernandes

Maria Helena de Senna Fernandes alegou no sábado questões de segurança para justificar porque razão um grupo de turistas indianos e a candidata iraniana no concurso Miss Global 2016, que decorreu nas Filipinas, foram interrogados durante horas pelas autoridades do território. Em declarações à Rádio Macau, a Directora dos Serviços de Turismo sublinhou que desconhece os motivos concretos por detrás dos interrogatórios, mas garante ainda assim que não há discriminação nas fronteiras do território contra visitantes e turistas estrangeiros.

“É muito difícil da nossa parte, do Turismo, ter acesso a todas as considerações na área da segurança. Porque esta é, de facto, uma consideração da área da segurança. A nossa polícia, as nossas autoridades alfandegárias, têm algumas informações que nós não dominamos”, explica. “Não é discriminação. Eles de facto têm acesso a algumas informações que nós não dominamos”, defendeu no sábado a directora dos Serviços de Turismo.

Maria Helena de Senna Fernandes manifestou confiança plena na actuação da polícia, mas assegura, ainda assim que a Direcção de Serviços de Turismo vão reforçar o contacto com as forças de segurança para “evitar situações desagradáveis”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s