Rota das Letras: Ricardo Adolfo, Chan Koonchung e Bengt Ohlsson vão avaliar contos

Bengt Ohlsson author 2010

Ricardo Adolfo, Chan Koonchung e Bengt Ohlsson, escritores que integraram este ano o cartaz do Rota das Letras, são os júris da 5ª edição do Concurso de Contos do Festival Literário de Macau, anunciou ontem em comunicado a organização do certame.

O concurso está desde ontem oficialmente em andamento. Os participantes poderão submeter trabalhos em Português, em Chinês ou em Inglês e têm até ao final do ano para proceder à entrega dos seus contos.

Mantêm-se as normas que estiveram em vigor no concurso de contos do ano anterior sendo que, depois da pré-selecção – a cargo de um júri composto por representantes da organização do festival e outros convidados – segue-se a selecção, que será feita por Ricardo Adolfo, Chan Koonchung e Bengt Ohlsson, autores que agraciaram o Festival com a sua presença em Março deste ano.

Os prémios, no valor de 10 mil patacas, serão entregues aos vencedores em cada uma das línguas. No entanto, para os participantes, a principal recompensa será a publicação em livro – nas três línguas – dos  textos seleccionados. Na última edição do certame o autor local Zhong Younghua, o escritor brasileiro Dario Bravo, e a autora australiana Jane Camens viram os seus trabalhos publicados no livro de contos “Quarto Crescente”, do qual também fazem parte textos de outros autores que passaram por Macau durante a edição de 2015 do Rota das Letras.

O Festival Literário de Macau, organizado pelo jornal PONTO FINAL e co-organizado pelo Instituto Cultural, serve de ponto de encontro pioneiro para literatos da China e dos Países de Expressão Portuguesa, juntando no território autores, editores, tradutores, jornalistas, músicos, cineastas e, também, artistas plásticos.

O concurso é destinado a todas as pessoas de qualquer idade ou nacionalidade. Macau terá de ser o tema de inspiração para a escrita dos contos, sendo que cada concorrente pode enviar, no máximo, dois contos inéditos, com um limite máximo de 3500 palavras em português e em inglês e de seis mil caracteres em língua chinesa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s