Taiwan aposta nas armas da casa

3-taiwan

As autoridades taiwanesas planeiam criar em 2017 um centro de investigação de tecnologia militar, semelhante à Agência de Projetos de Investigação Avançada de Defesa norte-americana (DARPA, na sigla inglesa), anunciou o Ministério da Defesa do Executivo de Taipé.

O centro vai chamar-se Gabinete de Tecnologia de Defesa Nacional, será criado a partir da remodelação de um organismo existente com o objectivo de facilitar a cooperação em defesa entre os sectores público e provado e evitar duplicações, indicou na terça-feira, em conferência de imprensa, o porta-voz da Defesa Yu Yu-tang.

Taiwan tem grandes dificuldades em adquirir armas, devido à oposição da China, sendo os Estados Unidos praticamente o único fornecedor de equipamentos bélicos, segundo o acordo sobre as relações com Taiwan de 1979.

As operações do novo organismo taiwanês de investigação em tecnologia para a defesa vão estar sob supervisão legislativa e o seu director e altos cargos virão do sector privado, não sendo militares, acrescentou Yu.

Taiwan conta já com o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Chung-Shan (NCSIST, na sigla em inglês), que é a principal instituição de investigação e desenvolvimento de armamento e do programa espacial de Taiwan. A China recusa-se a renunciar ao uso de armas para atingir a unificação da ilha, o que torna o Estreito de Taiwan num possível foco de conflito bélico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s