Vai uma cervejinha? Gula deixou angolano em mais lençóis

 

Hyphaene petersiana_arbres_MHNT.jpg

Um angolano de 62 anos foi preso na Namíbia, acusado de ter abatido uma árvore protegida que é utilizada para produzir cerveja artesanal.

O cidadão angolano foi preso a 13 de Setembro e presente ao tribunal de Opuwo, capital da região namibiana do Kunene na quarta-feira, sob acusação de ter “destruído ou removido uma árvore viva” e de ter entrado ilegalmente no pais

A imprensa namibiana relata que em causa está o abate, na zona de Epupa, de uma palmeira da espécie Hyphaene Petersiana, protegida, que existe ao longo das margens de alguns rios da região norte do país, conhecida entre as populações locais por produzir uma seiva utilizada na produção de cerveja artesanal.

As autoridades namibianas referem que o sexagenário entrou no país sem passar por um posto de fronteira e que não tem passaporte, tendo sido advertido em várias ocasiões anteriores. Foi apanhado a acampar na margem de um dos rios, onde teria sido apanhado a cortar a árvore para obter a seiva utilizada na produção da cerveja.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s