Casal chinês detido após impedir descolagem de avião

NINTCHDBPICT000268087207
Pic shows: Authorities with the woman; A couple who missed their flight ran onto the airport runway with their luggage and prevented the plane from taking off. The unnamed couple were meant to catch the 9:30am Air China flight from Chinese capital Beijing to the eastern port city of Shanghai, but they were left stranded in the Beijing Capital International Airport after the boarding gates closed. The jet bridge had also already been removed, but refusing to miss flight CA1519, the woman dragged her husband and the pair ran onto the tarmac, heading towards the plane before it began taxiing. Reports said they ignored warnings from ground crew members, who had no choice but to call airport police. The wife, with her cabin luggage in tow, squatted down underneath the aeroplane and tried to convince authorities to let her and her husband on the flight, but the pair were eventually arrested after a delay of about 20 minutes. The couple claimed they were not informed of the boarding time, causing them to miss the flight, but their argument was proven invalid after their boarding passes clearly stated both the boarding and take-off times. According to reports, the couple will receive administrative detention of between five to 10 days and will also be fined 500 RMB (57 GBP). It is unclear, however, whether they will also receive flight bans in the near future.

Um casal chinês que invadiu a pista do Aeroporto Internacional de Pequim, forçando o atraso de um avião, foi punidos com cinco dias de detenção, noticiou hoje o jornal Beijing Youth Daily.

O voo CA1519, que liga Pequim e Xangai, descolou com um atraso de 20 minutos, depois do casal ter bloqueado a pista, alegando que perdeu o voo devido a não ter sido informado da hora de embarque.

O casal rejeitou os apelos da tripulação para sair da pista e acabou por ser levado pela polícia, descreve o Beijing Youth Daily. O Aeroporto Internacional de Pequim é o segundo mais movimentado do mundo.

Nos últimos anos, foram noticiados vários casos de comportamento impróprio em aeroportos chineses.

Em Janeiro passado, 25 passageiros foram detidos pela polícia para interrogatório depois de se terem envolvido em escaramuças com membros da tripulação na sequência de um atraso devido ao mau tempo e de terem aberto as saídas de emergência.

Em 2014, uma disputa motivada pela disposição dos assentos levou uma passageira a despejar uma taça de macarrão com água a ferver numa hospedeira de bordo e a desatar ao murro nas janelas da cabine, ameaçando que iria saltar fora.

No ano anterior, um funcionário do Governo desatou a esmagar computadores no balcão de embarque e tentou partir uma janela com uma tabuleta, depois de ter perdido dois voos.

Segunda maior economia mundial, a seguir aos Estados Unidos da América, a China é o maior emissor mundial de turistas. Pelas contas do Governo chinês, 120 milhões de chineses viajaram para fora da China Continental em 2015, um aumento de 19,5 por cento face ao ano anterior.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s