MGM tenciona criar seis mil novos postos de trabalho

 

A concessionária de capitais norte-americanos organizou anteontem uma feira de recrutamento que resultou na contratação de duas centenas de residentes do território. No total, a MGM China tenciona avançar para a criação de seis mil novos empregos.

1-mgm

Mais de duas centenas de novos contratos de trabalho foram assinados por residentes do território durante uma feira de recrutamento organizada ao longo dos últimos dias pela MGM China Holdings Ltd. A concessionária, que explora o MGM Macau, anunciou que tenciona criar gradualmente seis mil novos empregos, dada a abertura, no próximo ano, das novas valências da operadora na strip do Cotai.

Os 200 contratos agora firmados dizem todos respeito a posições que não estão vinculadas à actividade do jogo e abrangem posições em sete áreas distintas, das operações hoteleiras à restauração, passando pela segurança, adiantou a MGM China num press-release.

Mais de oito centenas de trabalhadores do território marcaram presença na primeira grande feira de recrutamento organizada pela operadora de capitais norte-americanos.

Cerca de 1200 dos seis mil novos postos de trabalho que a empresa tenciona criar deverão servir para colmatar as necessidades inerentes às operações da empresa na península de Macau. As restantes contratacções serão conduzidas tendo em vista o apetrechamento do MGM Cotai, empreendimento que deverá abrir portas no segundo trimestre do próximo ano.

Na sequência da acção de recrutamento organizada na terça-feira, a MGM China Holdings Ltd. comprometeu-se a avançar para novas acções de recrutamento, que deverão ser conduzidas em parceria com algumas das mais relevantes associações do território, como a Associação Geral das Mulheres de Macau, a Federação das Associações de Operários, os kaifong ou a Associação dos Trabalhadores da Indústria do Jogo do território.

O operadora de jogo  justifica a colaboração com as entidades em questão como uma forma de “estreitar o relacionamento com a comunidade”: “A MGM assumiu o compromisso de retribuir o apoio dado pela sociedade civil através de diferentes iniciativas. Uma delas passa precisamente por providenciar oportunidades para que os talentos locais possam desenvolver as suas apetências profissionais e impulsionar a sua carreira num resort de nível internacional”, sublinha Wendy Wu, vice-presidente do Departamento de Recursos Humanos da MGM, num comunicado enviado pela empresa às redacções.

“Vamos continuar a providenciar formação e apoio tantos aos trabalhadores que já integram os nossos quadros, como aos que possam vir a fazer, no futuro, parte da família do MGM, numa altura em que estamos a trabalhar com afinco para garantir que a MGM vai continuar a deixar a sua marca em Macau”, explica a responsável.

O MGM Cotai deve oferecer aproximadamente 1500 novos quartos de hotel, espaço para conferências e exposições, um spa, lojas e restaurantes. As novas valências da operadora no Cotai devem incluir ainda uma sala de espectáculos que se pode converter em catorze espaços distintos e que é por isso apresentada pela concessionária como sendo “a primeira sala de espectáculos dinâmica do continente asiático”.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s