Semana Dourada: Serviços de Turismo não esperam acréscimo de visitantes

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) não aponta para um acréscimo de visitantes no período da Semana Dourada, que tem início no próximo fim-de-semana. A subdirectora do organismo espera, contudo, que o período de permanência dos turistas em Macau se estenda para além do habitualmente verificado.

1-senna-fernandes

Sílvia Gonçalves

É uma expectativa moderada, a que ontem foi manifestada pela sub-directora da Direcção dos Serviços de Turismo (DST) relativamente à Semana Dourada que se aproxima. Cecília Tse não acredita num acréscimo de visitantes face ao mesmo período de 2015, mas espera que o tempo de permanência dos turistas em Macau seja mais prolongado. A responsável deposita confiança nos pacotes lançados pelas unidades hoteleiras do território, impulsionados pela presença de novos empreendimentos turísticos, sobretudo na strip do Cotai.

“Esperamos que, em termos de volume de visitantes, se calhar seja mais ou menos como no ano passado. Entretanto, toda a gente sabe que este ano temos mais oferta em termos de quartos de hotéis. E nesta altura os hotéis, como há muitos novos, estão a lançar vários pacotes bastante atractivos”, salientou ontem Cecília Tse. A subdirectora da DST, que falou à margem das actividades comemorativas do Dia Mundial do Turismo, disse depositar confiança em estadias mais dilatadas nos feriados que se avizinham: “Muito embora para o volume de turistas não esteja previsto um grande crescimento, nós estamos à espera que o tempo de estadia em Macau eventualmente vá ser um bocadinho maior, espero que sim”, assume.

Ainda que a previsão da responsável aponte para um crescimento de visitantes pouco significativo, Cecília Tse não arrisca percentagens: “Neste momento é um bocado difícil de adivinhar. Para os nossos mercados, segundo a nossa informação, o negócio não é mau. Só que por causa da nossa natureza de mercado, nós temos muitos turistas que são nossos vizinhos, portanto se calhar vamos ter mais visitantes que compram os pacotes, chegando mesmo no final de Setembro”, arrisca.

Em suma, uma expectativa contida, ainda que ao longo do último ano, e desde a anterior Semana Dourada, o território tenha visto abrir portas os empreendimentos Studio City, Wynn Palace e, já este mês, o Parisian: “Estamos conservadoramente optimistas sobre a Semana Dourada. Por um lado, temos muitas mais atracções e hotéis, que abriram nomeadamente em Agosto e Setembro. Ao mesmo tempo sabemos que as cidades vizinhas também são muito competitivas, lutando pelo mercado chinês. Portanto, diria que estamos conservadoramente optimistas. Por um lado, estamos confiantes em relação aos nossos produtos turísticos, e em relação aos pacotes à disposição dos nossos mercados vizinhos. Mas, por outro lado, temos que ver todo o mercado global”, assinala.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s