Prazo para a venda do Landmark chega ao fim sem que negócio se tenha concretizado

 

A data para a conclusão do negócio para a venda do hotel Landmark a Li Chi Keung chegou ao fim. No entanto, e de acordo com o grupo liderado por David Chow, existe uma novo comprador interessado no imóvel.

 

1-landmark

O prazo para e venda do Hotel Landmark por parte da Macau Legend Development Limited ao accionista da companhia Li Chi Keung expirou na passada sexta-feira sem que o negócio tenha sido concluído. A revelação foi feita num comunicado à bolsa de Hong Kong pela empresa controlada por David Chow Kam Fai.

No entanto, de acordo com o mesmo comunicado, a empresa continua a negociar a transacção do imóvel com “uma terceira parte independente”, não sendo avançada qualquer explicação sobre o novo potencial comprador: “Neste momento, a companhia foi abordada e está em negociações com um potencial comprador, que é uma terceira parte independente, para a venda do imóvel. A companhia continua confiante em relação à transacção”, pode ler-se no comunicado emitido na passa sexta-feira.

“É espera que a transacção para a venda do imóvel seja concluída brevemente, após o potencial comprador tratar dos procedimentos regulamentares necessários em Macau e Hong Kong”, acrescentou a mesma fonte.

Em relação ao negócio falhado, o anterior comprador foi identificado pelo Hong Kong Economic Journal como sendo o empresário Li Chi Keung, que detém cerca de 12 por cento da Macau Legend. Li Chi Keung trabalhou vários anos com Stanley Ho e David Chow. O empresário chegou a ser uma das figuras mais influentes no seio das corridas de cavalos do território, tendo ocupado o cargo de CEO da Companhia de Corridas de Cavalos de Macau.

Por sua vez, a Macau Legend Developement Limited encontra-se a tratar da venda do edifício que serve como hotel, casino e espaço com escritórios numa altura em que tem vindo a acumular resultados negativos.

Segundo a informação transmitida pela empresa à Bolsa de Hong Kong, nos primeiros seis meses do ano o grupo de David Chow acumulou um prejuízo de 175,29 milhões de dólares de Hong Kong, que ficaram acima das perdas de 68,44 milhões de dólares de Hong Kong no período homólogo do ano passado.

Além deste negócio, a Macau Legend está neste momento a completar a construção do Legend Palace Hotel, em Macau, que segundo os resultados da empresa, deve ficar terminado no final deste mês. Ainda na RAEM, a companhia está a construir o Legendale Hotel, que se espera que fique concluído no final de 2018.

Já no início do corrente mês a empresa de David Chow concluiu a aquisição do empreendimento turístico Savan Vegas, uma jogada que faz parte da estratégia de expansão internacional da empresa. Os outros investimentos fora de Macau incluem um empreendimento turístico, com casino, em Setúbal e o investimento feito na construção de um resort integrado em Cabo Verde.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s