Investidores lesados pedem ajuda ao Gabinete de Ligação

 

 

w020121205389894612493Duas dezenas de residentes do território solicitaram esta a semana ajuda ao Gabinete de Ligação do Governo Central em Macau, depois de se terem visto inadvertidamente envolvidos numa disputa judicial entre uma companhia de desenvolvimento predial e os credores que financiaram a construção do complexo Times Square, situado na zona de Gongbei, do outro lado do Posto Fronteiriço das Portas do Cerco.

De acordo com os queixosos, cerca de uma centena de residentes do território terão adquirido fracções no edifício, mas os atrasos na fase de construção fizeram com que a entrega das fracções – e a consequente formalização da escritura pública – fossem protelados. No início do Verão, e depois de terem sido confrontados com os rumores de que a construtora teria entrado em processo de insolvência, os queixosos descobriram que as fracções que adquiriram integravam o leque de bens arrestados e congelados por um Tribunal de Zhuhai, depois da Huarong Real Estate Co., Ltd – o maior credor da Jinshan Real Estate Company – ter interposto uma providência cautelar contra a venda das fracções de forma a recuperar o dinheiro investido na construção do imóvel.

Os investidores do território, que contam com o apoio do deputado Si Ka Lon, estiveram reunidos a 11 de Setembro com um representante legal da Jinshan Real Estate Company, que garantiu que a empresa estava a trabalhar no sentido de garantir que o tribunal reverta a decisão e liberte as fracções arrestadas. Se tal vier a suceder, os responsáveis pela empresa estimam que sejam necessários nove meses para que a transmissão dos imóveis seja formalizada.

Vinte dos cerca de cem residentes do território que adquiriram fracções no edifício Times Square estiveram esta semana no Gabinete de Ligação para solicitar que o organismo actue como mediador junto das autoridades de Zhuhai. Kou Ming, director geral do Departamento de Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Central em Macau sugeriu que os investidores defraudados tentem resolver a questão através do recurso aos meios legais disponíveis, mas prometeu ainda assim abordar a questão com as autoridades de Zhuhai.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s