Ataque a base militar na Caxemira indiana fez 17 mortos

3-caxemira

Pelo menos 17 soldados morreram este domingo num ataque a uma base militar indiana em Uri, na região de Caxemira, avançou o exército indiano.

“Quatro terroristas” morreram também no ataque, segundo revelou o comando do exército responsável por esta região através de uma mensagem na rede social Twitter.

O ataque ocorreu ontem de manhã quando pelo menos quatro pessoas armadas conseguiram entrar no acampamento militar, perto da zona militarizada de controlo que divide esta região disputada pela Índia e pelo Paquistão, relatam as agências de notícias internacionais.

O Comando Norte explicou que no momento do ataque, um grande contingente de tropas tinha acabado a sua missão e estava em tendas e alojamentos temporários onde se registou um incêndio.

O ministro do Interior indiano, Rajnath Singh, confirmou o ataque, através da sua conta no Twitter, e anunciou uma reunião de emergência da equipa de segurança do Governo.

A Índia tem acusado reiteradamente o Paquistão de apoiar o “terrorismo transfronteiriço” e de permitir o funcionamento no seu território de grupos terroristas que têm como objectivo atacar a Índia.

A Caxemira, um dos territórios mais militarizados do mundo, é disputada pelo Paquistão e pela Índia.

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s